Emirados Árabes bane uso de drones após ataques aéreos em Abu Dhabi
Créditos: Reprodução/Medium/Lance Ulanoff

Emirados Árabes bane uso de drones após ataques aéreos em Abu Dhabi

Ataques resultaram em três mortos em uma refinaria e causaram danos e um incêndio no aeroporto

Depois de uma série de ataques aéreos a uma refinaria e ao Aeroporto Internacional de Abu Dhabi durante a semana do dia 17 de janeiro, o Ministério do Interior dos Emirados Árabes Unidos (UAE) anunciou que o uso de drones de consumo e aeronaves esportivas leves foi banido por tempo indeterminado.

15/01/2022 às 11:00
Artigo

Drone Autel EVO Lite+, várias fotos comparando com EVO II, Ma...

Unboxing mostra em detalhes fotos dos principais componentes do kit e comparativos com outros drones

Os ataques realizados pelo movimento Houthi, que tem ligações com o Irã, resultaram em três mortos na refinaria e causaram danos e um incêndio no aeroporto. Embora as autoridades tenham descrito esses ataques como tendo usado mísseis de cruzeiro e drones de nível militar, as iniciativas de segurança reforçadas no país levaram as autoridades a proibir voos de UAVs comerciais, bem como aviões leves e planadores.

“O Ministério do Interior está atualmente interrompendo todas as operações de voo para proprietários, praticantes e entusiastas de drones, incluindo drones e aeronaves esportivas leves. Isso abrange também pontos aéreos e de vela. A decisão veio após o uso indevido detectado recentemente, não limitando a prática desses esportes às áreas identificadas nas licenças de usuário e invadindo áreas onde esses tipos de atividades são proibidas”.
-- Parte do anúncio do Ministério do Interior dos Emirados Árabes Unidos

Emirados Árabes bane uso de drones após ataques aéreos em Abu Dhabi
Reprodução/Ministério do Interior dos Emirados Árabes Unidos

O anúncio do Ministério do Interior não menciona até quando o uso de drones será proibido, mas a agência de notícias Reuters afirma que isto pode durar cerca de um mês. Apesar disso, as autoridades dos Emirados Árabes podem abrir exceções e oferecer permissões para empresas que usam drones para filmagens. "Entidades que possuem contratos de trabalho ou projetos comerciais ou publicitários que dependem de filmagens usando drones devem entrar em contato com as autoridades para obter as autorizações necessárias para realizar seus trabalhos e projetos durante esse período para evitar quaisquer consequências que afetem o timing desses projetos", diz o anúncio do Ministério do Interior.

O Ministério do Interior dos Emirados Árabes Unidos reitera aos usuários que qualquer pessoa que realize essas atividades durante esse período e desconsidere as diretrizes estará sujeita a responsabilidades legais.

Vale lembrar que o país faz parte de uma coalizão liderada pela Arábia Saudita e aliada dos Estados Unidos que luta contra os Houthis no Iêmen. O país armou e treinou forças locais do Iêmen que recentemente se juntaram à luta contra os Houthis nas regiões de Shabwa e Marib, que são produtoras de energia do Iêmen.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Ministério do Interior dos Emirados Árabes Unidos, DroneDJ, Reuters
User img

Fabio Rosolen

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.