Apple quer proibir a importação de equipamentos da Ericsson nos Estados Unidos
Créditos: Laurenz Heymann no Unsplash

Apple quer proibir a importação de equipamentos da Ericsson nos Estados Unidos

Empresas estão em uma disputa judicial por suposta infração de patentes pela gigante norte-americana

A Ericsson entrou numa batalha judicial contra a Apple alegando uma suposta infração da fabricante dos iPhone em 12 patentes relacionadas a 3G/4G/5G. Respondendo a isso, a gigante de Cupertino também entrou com uma ação contra a empresa sueca, pedindo à Comissão de Comércio Internacional dos Estados Unidos (ITC) que seja proibida a importação de tecnologias da empresa sueca para os EUA.

20/01/2022 às 12:46
Notícia

Smartphones Android agora valem menos no programa de troca da...

Alteração aconteceu nos Estados Unidos e algumas variações superam os US$100

Essa disputa entre as empresas aconteceu após a Apple ter usado patentes da Ericsson LTE em aparelhos iPhone durante anos, mas, com o contrato entre elas perto de acabar, começaram os problemas. Em outubro do ano passado, a Ericsson afirmou que a empresa norte-americana não estava aceitando as propostas de acordo para renovação do contrato de utilização das patentes, para supostamente desvalorizar as tecnologias da empresa.

Em defesa, a fabricante dos iPhone alegou que a fabricante sueca estava tentando fazer a empresa aceitar o acordo por “força”. Ontem a Ericsson entrou com processos contra a Apple em dois novos júris sobre a utilização de suas patentes, mas agora a norte-americana respondeu com uma contração pedindo a proibição da importação de equipamentos de estação base móvel da Ericsson nos EUA por infringir suas patentes.


Créditos: Reprodução / GSMArena

A Apple alega à Comissão de Comércio Internacional dos Estados Unidos (ITC) que a Ericsson infringiu suas patentes de tecnologia mmWave. Junto a isso, a empresa também afirma que deseja que o tribunal decida sobre taxas de licenciamento justas para as patentes que estão sendo disputadas, onde a Ericsson estava pedindo US$ 5 por peça.

Entretanto, em seu processo a gigante de Cupertino afirma que está aberta a retirar as suas acusações caso a concorrente aceite também fazer o mesmo, entretanto a empresa sueca ainda não respondeu a essa ação.

Apple contra Epic

20/01/2022 às 15:37
Notícia

Ranking: veja quais são os serviços de streaming de áudio mai...

Spotify é líder em popularidade, seguido por Apple Music e Amazon Music

Essa ação realizada pela Ericsson pode ter um efeito na batalha judicial entre a Epic Games e a Apple, isso porque ela mostrou seus acordos de patentes como uma justificativa para poder cobrar 30% da receita dos desenvolvedores. Entretanto, como apontado pelo processo atual, a empresa paga menos de 1% para licenciar as patentes para fabricar os seus smartphones e gadgets.

Continua após a publicidade

Atualmente a Epic está apelando contra a decisão favorável a Apple que foi dada em setembro do ano passado pelo juri.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: GSMArena, Fosspatents
User img

Willian Ferreira

Willian Ferreira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2019 e começou a estudar Sistemas na Estácio. Desde criança é um aficionado por games, essa paixão acabou despertando o interesse na área de tecnologia. Joga de tudo um pouco, mas tem uma preferencia para jogos de ação, FPS e Fable.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.