NordVPN divulga levantamento sobre os maiores ataques cibernéticos de 2021
Créditos: TheDigitalWay / Pixabay

NordVPN divulga levantamento sobre os maiores ataques cibernéticos de 2021

Empresa de cibersegurança realizou um levantamento dos maiores ataques cibernéticos do ano passado no Brasil

A NordVPN, empresa de cibersegurança e de serviço de VPN, realizou um levantamento dos maiores ataques cibernéticos realizados no Brasil em 2021. Entre os ataques que marcaram (negativamente) o ano estão os sofridos pela JBS, Renner e órgãos públicos, como o ataque ao STJ e Ministério da Saúde.

11/01/2022 às 18:07
Notícia

Ataque ransomware em presídio americano deixa presos... mais ...

Caso aconteceu no estado do Novo México; câmeras de segurança ficaram inutilizadas

Retrospectiva da falta de segurança no Brasil

Logo no começo de 2021, 220 milhões de brasileiros tiveram o CPF, salário, escore de cartão de crédito, cheques sem fundo, números de telefone, placa de carro, tipo de combustível e outros dados expostos. A origem dos dados não foi identificada, mas o risco era alto, visto que eram diversas informações que poderiam abrir precedente para diversos golpes. Foi especulado que esses dados eram um "pacote" que juntou diversos dados de vazamentos anteriores.

A rede de lojas Renner teve seu site tirado do ar em decorrência de um ataque de sequestro digital (ransomware) e os responsáveis pela ação criminosa cobravam um resgate que chegaria a US$ 1 bilhão para liberar os sistemas criptografados da empresa. Em uma situação semelhante, a alimentícia JBS realizou o pagamento de US$ 11 milhões a cibercriminosos que comprometeram os sistemas da empresa, em junho do ano passado, com o intuito de prevenir riscos potenciais para os consumidores.

A Atento, empresa de telemarketing, teve seu sistema invadido e afirmou ter isolado seus sistemas, interrompendo suas conexões com clientes, para evitar o risco do vazamento de dados da empresa. Em agosto de 2021, o hospital de São Francisco do Sul, em Santa Catarina, foi vítima de um ataque ransomware, que deixou seus sistemas de gestão e atendimento paralisados e trazendo prejuízos ao seu banco de dados.

Ataques hackers atingiram órgãos públicos

 

A rede interna do Tesouro Nacional também sofreu um ransomware. O sistema ficou inoperante e os arquivos foram criptografados. Foi exigido um resgate para desbloqueá-los. No final do ano passado, os sistemas do Ministério da Saúde, envolvendo a Rede Nacional de Dados em Saúde, que ainda não fora reestabelecida, porém, o e-SUS Notifica, ConecteSUS e Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações operam normalmente. O ataque durou mais de um mês e foi iniciado na madrugada do dia 10 de dezembro, após o governo acatar a recomendação da Anvisa de impor cinco dias de quarentena a pessoas não vacinadas para que pudessem entrar no Brasil. Ao menos 50 terabytes de informações foram retirados dos sistemas e ficaram em poder dos criminosos.

29/12/2021 às 15:05
Notícia

Empresa sofre ataque através de senha salva no PC doméstico d...

Computador infectado na casa de funcionário roubou as credenciais que estavam registradas no navegador

Continua após a publicidade

Ao todo, mais de 20 órgãos do governo sofreram ataques, bem como a Agência Nacional de Transportes Terrestres, a Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público da União, a Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico, a Embratur, o Departamento de Polícia Rodoviária Federal, o Instituto Federal do Paraná, o Instituto Federal do Piauí, o Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro, a Escola Nacional de Administração Pública, ligada ao Ministério da Economia.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

User img

Felipe Freitas

Felipe Freitas é formado em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mas, segundo quase todo mundo, tem cara de quem fez Sistemas. Começou nos jogos com o SNES do seu tio, nunca passou da parte da montanha em Legend of Legaia e adora jogos com histórias bem feitas. Não perde a chance de fazer uma Jojo Pose.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.