Pesquisa da NordVPN encontra mais de 4 milhões de cartões de crédito à venda
Créditos: Avery Evans/Unsplash

Pesquisa da NordVPN encontra mais de 4 milhões de cartões de crédito à venda

Do total encontrado, 227 mil são cartões brasileiros

Uma pesquisa da NordVPN, conhecida pelo seu serviço de VPN e também atuante na área de cibersegurança, analisou os detalhes de 4 milhões de cartões de crédito que foram encontrados à venda na dark web. A pesquisa mostrou que os cartões são pertencentes a cidadãos de 140 países. Do total, 227 mil eram de brasileiros. O preço médio para compra dos cartões é de US$ 9,70 – os brasileiros saem por US$ 6,54.  

29/12/2021 às 15:05
Notícia

Empresa sofre ataque através de senha salva no PC doméstico d...

Computador infectado na casa de funcionário roubou as credenciais que estavam registradas no navegador

Estados Unidos teve mais cartões roubados

No ranking, o país mais afetado foi os Estados Unidos, com mais de 1,5 milhão de cartões, seguido da Austrália, com quase 420 mil. Mesmo que o maior número de cartões encontrados à venda fosse desses dois países, não significa que sejam os mais vulneráveis. De acordo com a pesquisa, a vulnerabilidade depende de fatores como a proporção de cartões não reembolsáveis, a população do país e o número de cartões em circulação.  

Pesquisadores da NordVPN compararam os dados dos cartões entre os países com as estatísticas populacionais das Nações Unidas e o número de cartões em circulação das bandeiras Visa, Mastercard e American Express para calcular o índice de risco e comparar mais diretamente a probabilidade de o cartão estar disponível na dark web por país.  


Fonte: Dylan Gillis/Unsplash.

Brasil é um dos países menos vulneráveis a roubo de cartões

Em relação aos brasileiros, a maioria (mais de 137 mil) dos cartões são da bandeira Mastercard, Visa (mais de 79 mil) e Elo (um pouco mais de 6 mil). O índice de risco brasileiro foi estimado em 0,39. O país mais vulnerável foi Hong Kong, com um risco máximo possível de 1. O segundo mais vulnerável foi a Austrália (0,85), seguida da Nova Zelândia, com uma pontuação de 0,8. A menor pontuação de vulnerabilidade foi de 0, e apenas a um país foi atribuído esse valor — os Países Baixos. 

“Desde 2014, temos visto um crescimento constante na fraude de cartões de pagamento ao redor do mundo. Decidimos verificar quanto custa um cartão de pagamento na dark web e por que há uma explosão no mercado negro deles”, diz Marijus Briedis, CTO da NordVPN. “E a resposta é que os hackers podem ganhar facilmente muito dinheiro com isso. Mesmo que um cartão custe apenas US$ 10 em média, um hacker consegue lucrar US$ 40 milhões ao vender uma única base de dados, como aquela que analisamos.”  

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

User img

Felipe Freitas

Felipe Freitas é formado em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mas, segundo quase todo mundo, tem cara de quem fez Sistemas. Começou nos jogos com o SNES do seu tio, nunca passou da parte da montanha em Legend of Legaia e adora jogos com histórias bem feitas. Não perde a chance de fazer uma Jojo Pose.

Drone Autel EVO Lite+ - Unboxing e primeiro voo com o novo concorrente da DJI

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.