BMW deve contratar até 6 mil funcionários exclusivamente para carros elétricos

A empresa quer vender até 2 milhões de veículos totalmente elétricos até o fim de 2025

BMW deve contratar até 6 mil funcionários exclusivamente para carros elétricos
Créditos: Divulgação/BMW

Em meio a um aumento na demanda mundial por carros elétricos, a BMW está se preparando para realizar uma grande quantidade de contratações focadas no segmento. A montadora alemã deve contratar até 6 mil novos funcionários em 2022, segundo afirmou o CEO da empresa, Oliver Zipse, em uma entrevista ao Muenchner Merkur.

Segundo o executivo, que comanda a empresa desde 2019, ela está em um momento avançado na transformação de suas linhas de montagens e está pronta para lidar com novas demandas de mobilidade. “É por isso que vamos aumentar nossa força de trabalho em até 5% no próximo ano”, declarou.

Até o momento, a BMW já vendeu mais de 1 milhão de carros elétricos, entre modelos híbridos ou que dependem exclusivamente de baterias. A fabricante tem planos de continuar aumentando esse número e chegar ao ano de 2025 registrando vendas de 2 milhões de carros totalmente elétricos.

BMW acredita no fim da crise de semicondutores

A realização dos planos da montadora depende do fim da crise de abastecimento de semicondutores, que impactou negativamente a capacidade de produção da indústria automobilística. Zipse se mostrou otimista sobre o assunto, afirmando na entrevista que acredita que a situação deve voltar ao normal até o final de 2022.

O CEO também afirma que, mesmo com os problemas de distribuição e a pandemia do COVID-19, a demanda por veículos elétricos continua alta. Ele afirma que tanto os modelos i4 (com formato compacto e voltado a executivos) quanto do iX (SUV com características mais luxuosas) estão esgotados há meses.

Para 2022, a BMW promete o lançamento de versões elétricas da série 7 de seus sedans, e Zipse acredita que eles devem repetir o mesmo desempenho das demais linhas. Embora ainda não pretenda abandonar seus negócios de veículos envolvendo combustíveis fósseis, a montadora espera que, até 2030, pelo menos 50% de suas vendas serão formadas por carros elétricos — algo que depende tanto de sua capacidade de produção quanto da construção da infraestrutura necessária para lidar com a demanda crescente por veículos desse tipo.
 

Fonte: Auto.com

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.