Drones atenderão locais com registros de armas de fogo em Israel

UAVs da Airobotics terão serviços da ShotSpotter e realizarão missões 24 horas por dia

Drones atenderão locais com registros de armas de fogo em Israel
Créditos: Reprodução/Airobotics

Com o objetivo de localizar tiros em Israel, a fabricante de drones Airobotics e a empresa de serviços ShotSpotter venderão e colocarão aeronaves não tripuladas em funcionamento no país. A meta é colocar os drones para funcionar e avisar polícias locais durante 24 horas por dia, 7 dias por semana. 

24/12/2021 às 17:06
Notícia

Vídeo mostra drone Russo atingindo alvo no ar em testes na Cr...

Orion disparou míssil antitanque e abateu outro drone, durante testes

Como funcionará as operações

Com a parceira entre as duas empresas, o uso de armas de fogo poderão ser detectadas através de sensores acústicos implantados pela ShotSpotter nos dispositivos da Airobotics. Assim, os UAVs (Veículo Aéreo Não Tripulado) irão imediatamente para os lugares detectados, fornecendo fotos e vídeos do que está acontecendo em tempo real.

Através de um comunicado, o CEO da Airobotics, Meir Kliner revela: "A Airobotics acredita que a integração com o ShotSpotter, líder em detecção de tiro, fornecerá uma solução tecnológica melhor para lidar com crimes de arma de fogo em Israel.

"Esta parceria é mais um passo na estratégia da empresa de ampliar o escopo de suas atividades, fornecendo soluções de atendimento a emergências, segurança e voo em áreas urbanas”, finalizou Kliner.

Representando a ShotSpotter, o presidente e CEO da empresa também se mostrou entusiasmado com a parceria e destaca: "Cada segundo conta e nossos alertas combinados com os "olhos no céu" da Airobótica aumentam a probabilidade de localizar uma vítima e salvar sua vida, encontrar evidências críticas e abordar de forma mais proativa a violência armada em Israel."

Localização de tiros ocorre em 1 minuto

A ShotSpotter explica como funciona o serviço de localização de tiros: "O sistema analisa sons altos e impulsivos detectados por seus sensores acústicos usando uma combinação de inteligência artificial e análise humana para localizar os sons e determinar se são tiros com um alto grau de precisão. Todo o processo, desde o acionamento do gatilho até o alerta publicado, ocorre em menos de 60 segundos."

A empresa ainda diz que nos últimos 4 anos (de 2017 até 2020), cerca de 5.200 casos de tiroteio foram abertos em Israel, mas só 575 acusações foram arquivadas. O principal problema é que os casos não apresentavam os atiradores identificados pelas testemunhas ou autoridades locais.

Vale ressaltar que a empresa possui 25 anos no mercado e cobre mais de 120 cidades espalhadas pelos Estados Unidos, África do Sul e Caribe com o serviço.

Continua após a publicidade

Fonte: ShotSpotter

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.