Pix terá transações offline e internacionais em 2022

Banco Central informou que durante 2022 pretende implementar importantes inovações para a ferramenta

Pix terá transações offline e internacionais em 2022
Créditos: Banco Central/Reprodução

O Banco Central pretende expandir ainda mais a praticidade das transações através do Pix. Em 2022, o órgão planeja inovar e disponibilizar novos recursos que levarão o Pix para além das transações em território nacional. Ainda sem um cronograma de lançamento, o Banco Central pretende implementar transações offline e transações internacionais no Pix, no próximo ano.

Entenda como funciona o Pix Saque e o Pix Troco

02/12/2021 às 15:09
Notícia

Deputados de São Paulo vão analisar proposta para suspender P...

A análise poderá ser feita de uma única vez nesta semana, ficando pronta para ser discutida no Plenário

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, prevê que em 2022 o Pix irá receber diversas melhorias no sistema de pagamentos e também ganhará suporte offline. O órgão não informou detalhes sobre como funcionariam as transações offline, afinal para realizar a transação é necessário a conexão com a internet. Com as transações internacionais, os usuários poderão comprar em lojas estrangeiras, além de enviar dinheiro para fora do Brasil, sendo pago utilizando o recurso. 

Até o momento, a agenda de novas operações do Pix para 2022 anunciadas foram:

  • Transações offline;
  • Transações internacionais;
  • Débito automático.

Com apenas um ano de funcionamento, completado em novembro, o Pix já se tornou um dos principais meios de pagamento dos brasileiros. Sua praticidade e rapidez se tornaram parte do dia a dia. Durante 2021, a ferramenta recebeu as funções de Pix Saque e Pix Troco.

Mesmo assim, devido a sua agilidade também aumentaram o número de golpes e fraudes sendo aplicadas através da ferramenta. O que levou a implementação de limite máximo, principalmente durante o período noturno.

Deputados de São Paulo também movem ação para tentar cancelar a utilização do Pix, devido ao aumento no número de golpes que foram registrados no estado. Ainda assim, segundo dados do Banco Central, em pouco mais de um ano R$550 bilhões já foram movimentados. Até o momento, o sistema é o terceiro mais utilizado no país, ficando atrás apenas do cartão e dos boletos. 

Continua após a publicidade

O BC afirma que no dia 10 de dezembro foi batido o recorde de operações em um único dia com 50,3 milhões de transferências e pagamentos instantâneos. O valor demonstra como a ferramenta já se tornou parte do dia a dia dos brasileiros.

Embora seja novo, o banco online vem ganhando cada vez mais espaço e credibilidade no país. Não à toa, segundo o Banco Central, no dia 10 de dezembro foi batido o recorde de operações em um único dia com 50,3 milhões de transferências e pagamentos instantâneos.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.