9 inventores que foram mortos pelas suas próprias invenções
Créditos: Wikimedia Commons

9 inventores que foram mortos pelas suas próprias invenções

Confira a lista de inventores que literalmente deram a vida por seus projetos

Inventar algo é de fato bem complexo, principalmente hoje em dia, quando nos deparamos com quase todas as invenções possíveis. Ao longo da história, muitos inventores acabaram sofrendo com suas próprias invenções. Um exemplo disso é o de Mikhail Kalashnikov, um militar conhecido por projetar armas. Antes de sua morte, em 2013, o criador revelou em uma carta que se arrependeu de ter criado uma das armas mais mortais do mundo, a AK-47.

09/12/2021 às 19:31
Artigo

Neuralink: como e por que Elon Musk quer chips no cérebro de ...

Empresa quer começar testes quanto antes para curar doenças neurológicas graves e das mais variadas

Muitas coisas que foram criadas do zero passaram como algo ridículo no começo e depois fizeram parte do desenvolvimento da população. Mas, o por enquanto, o Mundo Conectado não veio falar sobre Santos Dumont ou Thomas Edison. Hoje, mostraremos alguns inventores que por ironia do destino, foram mortos por suas próprias invenções. Confira a lista abaixo:

Alexander Bogdanov - Transfusão de sangue 

Alexander Bogdanov (Imagem: Wikimedia Commons)

Alexander Bogdanov foi um dos mais aclamados médicos do mundo. O russo foi um dos um dos primeiros a fazer experimentos de transfusões de sangue. Aliás, Bogdanov realizava testes em si mesmo em nome da medicina. Em 1924, o médico começou a trocar seu sangue com alguns pacientes. E foi aí que o problema começou.

Cerca de 4 anos depois de iniciar seus testes, no dia 7 de abril de 1928, Bogdanov trocou seu sangue pelo de um estudante de medicina que está com malária e tuberculose. Após os testes, o estudante conseguiu se recuperar do experimento, já o médico não teve a mesma sorte e morreu rapidamente.

Franz Reichelt - O alfaiate voador

Franz Reichelt (Imagem: Wikimedia Commons)

Conhecido como "O Alfaiate Voador", Franz Reichelt era um australiano que criava roupas masculinas na França durante os anos de 1900. Uma de suas invenções foi um traje de paraquedas. Isso mesmo, um traje de paraquedas. A vestimenta não se parecia com o equipamento dentro de mochilas que vemos hoje em dia. 

Apesar do traje não aparentar ser muito seguro, Reichelt estava confiante no seu projeto e chamou a imprensa local de Paris para gravar o seu salto em fevereiro de 1912 na Torre Eiffel. Porém, o teste não saiu como planejado e ao pular da parte mais baixa da torre mais famosa do mundo, o alfaiate esmagou seus ossos, como crânio e espinha, morrendo quase que instantaneamente na queda.

Continua após a publicidade

Henry Smolinski - AVE Mizar

Henry Smolinski (Imagem: Wikimedia Commons)

Henry Smolinski era um inventor de Ohio que acreditava que os carros voadores estavam próximos de se tornar realidade. Com a tentativa de ser um dos pioneiros do projeto na década de 70, Smolinski criou o “AVE Mizar”, acoplando um avião Cessna na traseira de um Ford Pinto. Apesar de estranho, a ideia parecia interessante. 

Mas, no dia 11 de setembro de 1973, durante seu primeiro vôo de teste na cidade de Camarillo, na Califórnia, um dos suportes da asa do avião se separou do corpo do carro enquanto a nova invenção estava no ar. A aeronave caiu junto com Smolinski, que estava a bordo da aeronave.

Marie Curie - A máquina de radiologia móvel

Marie Curie (Imagem: Wikimedia Commons)

Um dos casos mais conhecidos é o de Marie Curie, uma química e inventora, que junto com o seu marido Pierre Curie, descobriram o rádio e o polônio. A polonesa foi uma das pioneiras em pesquisas sobre a radioatividade, criando assim a máquina de radiologia móvel. Um equipamento similar aos de raio-X que encontramos em hospitais.

A invenção de Curie tinha o tamanho de um carro, podendo ser utilizados por cirurgiões do exército durante as guerras, que poderiam obter imagens rápidas de balas ou estilhaços presos dentro dos soldados. Mas, apesar de ser construído para salvar vidas, sua invenção acabou tirando a sua em 4 de junho de 1934 na França, depois que ela desenvolveu anemia aplástica (AA) por sua exposição excessiva a raios-X.

Max Valier - Opel RAK

Max Valier (Imagem: Wikimedia Commons)

Um dos principais nomes das invenções aeronáuticas Max Valier era austríaco e foi um dos responsáveis pela invenção da Opel RAK. A aeronave foi a primeira movida a foguete da história. Em sua inauguração, em março de 1928, a Opel RAK voou 75 km / h.

Dois anos depois, em maio de 1930, não satisfeito, Valier resolveu fazer testes na aeronave com combustível de propulsão líquido. Infelizmente, o combustível à base de álcool e oxigênio de um de seus foguetes ascendeu na mesa de testes e acabou matando o inventor. 

Thomas Midgley Jr. - Estrangulado pela invenção

Thomas Midgley Jr. (Imagem: Wikimedia Commons)

Continua após a publicidade

O engenheiro mecânico Thomas Midgley Jr. viveu no estado da Pensilvânia, nos Estados Unidos. Apesar de ser muito respeitado por suas contribuições científicas, o inventor ficou conhecido como uma das pessoas mais perigosas do mundo, sendo intitulado como “o inventor mais prejudicial da história”. Isso porque Thomas inventou o chumbo usado na gasolina (tetraetilchumbo). O material tóxico é um grande inimigo do ambiente e da saúde pública. 

Mas, não foi exatamente por causa do chumbo que Midgley morreu. Além dessa invenção que matou milhares de pessoas, o inventor acabou criando sua própria armadilha anos depois. Em 1940, o engenheiro contraiu poliomielite e inventou um dispositivo que o ajudaria a sair da cama. Quatro anos mais tarde, em 13 de novembro de 1944, o engenheiro foi estrangulado pela engenhoca. Segundo o obituário, Midgely foi morto pelos cabos do equipamento.

Valerian Abakovsky - Aerowagon

Valerian Abakovsky (Imagem: Wikimedia Commons)

O jovem Valerian Abakovsky era um engenheiro soviético que projetou um novo tipo de veículo de alta velocidade para transportar oficiais pela Rússia em 1917. Quatro anos depois, em 24 de julho de 1921, o engenheiro estava dentro de sua criação, quando o veículo descarrilou de repente, matando 7 dos 22 passageiros. Abakovsky tinha apenas 25 anos e estava entre os mortos.

Depois desse acidente, o projeto chamado "Aerowagon" foi arquivado para sempre.

William Bullock - Máquina de impressão perigosa

William Bullock (Imagem: Wikimedia Commons)

O inventor William Bullock nasceu e viveu nos Estados Unidos no século 19. Mais precisamente em 1863, o norte-americano criou um novo protótipo de máquina de impressão que substituiria a antiga (lançada 20 anos antes dos fatos). A ideia era que a nova invenção reduzisse o tempo e a mão de obra utilizadas nas impressoras rotativas.

Apesar da ideia ser boa, ela não era segura. Em 3 de abril de 1867, Bullock teve sua perna sugada e esmagada pela prensa enquanto a mesma estava sendo instalada para um jornal local na Filadélfia. Dias se passaram e sua perna gangrenou, e depois de uma tentativa de amputação do membro inferior, Bullock morreu na mesa de operação.

John Day - A câmara de mergulho

Por fim, eis a história de John Day, um carpinteiro nascido no Reino Unido que criou uma câmara de mergulho de madeira, apelidada como "Maria". O projeto tinha como objetivo permanecer de maneira subaquática em uma profundidade de 130 pés por 12 horas, depois desse tempo, Day deveria subir para a superfície para respirar.

Ao invés disso, o pior aconteceu. No dia 22 de junho de 1774, Day foi fazer o teste, levando com ele uma vela, água e biscoitos a bordo, além de pesos para manter a câmara submersa. Mas, claro, os pesos afundaram embarcação, que acabou não voltando para a superfície. John Day acabou morrendo. A causa da morte não foi concluída, porém especula-se que o homem foi asfixiado e sofreu de hipotermia.

O carpinteiro ficou conhecido como a primeira vítima fatal envolvendo um submarino na história. Por ser um acontecimento muito antigo, não há registros de imagem do projeto original.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Gizmodo
User img

André Lindsay

Natural de São Paulo, André é um publicitário formado em 2020 e atualmente trabalha como redator nos sites Adrenaline e Mundo Conectado. Além da paixão pela escrita e pelo mundo da tecnologia, um dos seus grandes sonhos é se tornar dublador.

Drone Autel EVO Lite+ - Unboxing e primeiro voo com o novo concorrente da DJI

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.