Tecnologia SpaceEye da Microsoft permite que satélites 'vejam' através das nuvens
Créditos: Edge Industry Review

Tecnologia SpaceEye da Microsoft permite que satélites 'vejam' através das nuvens

A Microsoft está fazendo várias parcerias para aprimorar o sistema Azure Space

a Microsoft anunciou novas parcerias e recursos para o Azure Space. Um deles, bastante interessante, é o  SpaceEye, que permite aos usuários 'ver' através das nuvens a partir de satélites.

08/12/2021 às 17:28
Notícia

Usa Office pirata? Microsoft dá 50% de desconto para você ass...

A empresa está oferecendo seus programas com valores reduzidos para convencer usuários a abandonar a ...

A observação da Terra baseada no espaço é constantemente um desafio, visto que pelo menos dois terço do planeta está sempre coberto por nuvens. Nesse contexto, o SpaceEye é um sistema baseado em IA que gera imagens ópticas e multiespectrais da Terra sem nuvens diariamente. Ele usa o Synthetic Aperture Radar (SAR) da missão Sentinel-1 para produzir dados de linha de base, uma vez que o radar não é afetado pela cobertura de nuvens e, em seguida, combina os dados do radar com dados óticos históricos para gerar uma imagem AI.

A Microsoft afirma que esse recurso pode ser muito benéfico em casos de uso na agricultura, monitoramento do uso da terra e resposta a desastres, entre outros.

Microsoft Azure

Além da nova ferramenta, a plataforma Azure também está sendo usada para preparar e aprimorar dados geoespaciais.A Microsoft anunciou o Azure Space ano passado, disponibilizando o poderoso ecossistema de nuvem Azure para a comunidade espacial. 

A Microsoft fez uma parceria com a Airbus para que o Azure Space expanda a "missão da Microsoft de fazer do Azure Space a plataforma e o ecossistema de escolha para a comunidade espacial". Dados de imagens e elevação do Airbus agora estão disponíveis no Azure Maps e ainda a pesquisa Turing da Microsoft permite que as imagens de satélite sejam melhoradas para algo semelhante ao que vemos em filmes e na televisão, fazendo com que pareça mais com fotografia aérea baseada na atmosfera. Essa última tecnologia está sendo usada no Bing Maps.

Continua após a publicidade

Outros investimentos do Microsoft Azure também incluem o trabalho conjunto com o consórcio Digital IF Interoperability (DIFI) para criar padrões para o ecossistema espacial e a adição da ST Engineering iDirect, uma plataforma de satélite amplamente usada , à lista de parceiros do segmento terrestre Azure Orbital. O Azure Orbital é uma estação terrestre de satélite  que fornece comunicação e controle de seu satélite. Ele permite o processamento de dados e a escala fáceis e integrados para suas operações diretamente do Azure, de acordo com a descrição da página oficial.

Além disso, temos novas parcerias com a Esri (líder de mercado em software de sistema de informações geográficas, inteligência de localização e mapeamento), Blackshark.ai (trabalhos em inteligência geoespacial e ambientes sintéticos 3D) e Orbital Insight (companhia de software de análise geoespacial).

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: DPreview
User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

O novo império da Microsoft após a compra da Activision Blizzard

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.