Cometa se aproximará da Terra e poderá ser visto do Brasil

O cometa Leonard estará no seu ponto mais próximo à Terra a partir de 12 de dezembro

Cometa se aproximará da Terra e poderá ser visto do Brasil
Créditos: Nasa/Reprodução

Detectado no início de 2021, o Cometa Leonard está prestes a atingir o ponto de maior aproximação à Terra, em sua trajetória na direção ao Sol. Entre os dias 12 a 14 de dezembro, o cometa passará pelo nosso planeta e poderá ser visualizado do Brasil. Pesquisadores da Nasa apontam que existe a possibilidade de visualizar o fenômeno a olho nu.

A oportunidade de observar o cometa é única, pois de acordo com os cálculos da Nasa levará cerca de 80.000 anos para que ele se aproxime novamente da Terra. Também chamado de "Cometa de Natal", o astro foi descoberto enquanto passava por entre Marte e Júpiter. 

De acordo com informações da agência espacial americana, após passar pelo nosso planeta, Leonard seguirá rumo ao Sol até atingir seu Periélio (Ponto mais próximo do Sol em uma trajetória gravitacional), para então seguir viagem rumo aos confins do universo. 

Como observar o cometa Leonard

Não há garantias que o cometa poderá ser observado a olho nu entre os dias 12 a 14 de dezembro. Entretanto, se as condições meteorológicas forem favoráveis, com céu limpo sem nuvens em locais longe da poluição urbana, a visualização do astro atravessando os céus será possível.

A NASA confirma que a observação será dependente do nível de brilho do Cometa Leonard, e que isso é difícil de prever. A luminosidade será dependente da nuvem de poeira e "cauda" que ele deixa para trás, enquanto viaja pelo espaço. Por isso, para quem quiser observar o fenômeno, é melhor estar preparado com pelo menos um binóculos, para facilitar a visualização. 

Com uma distância de 35 milhões de quilômetros de distância, as previsões apontam que partir das 10h54, horário de Brasília, do dia 12 de dezembro, ele poderá ser identificado nos céus. Mesmo podendo ser visualizado por todo o território nacional, a observação do meteoro será melhor durante o período noturno.

O cometa recebeu o nome do pesquisador que o descobriu, enquanto passava por Marte. Batizado oficialmente como C/2021 A1, como pode ser visualizado na imagem da trajetória composta pela NASA, ele foi descoberto por Gregory J. Leonard. Como se trata de um fenômeno raro, que demorará 80.000 anos para acontecer novamente, a observação do cometa Leonard é uma experiência única, que você não deveria perder.

Fonte: UOL, Sputnik

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.