Baidu agora tem serviço de táxis-robô na China

Empresa está testando 67 carros autônomos e pretende cobrar um preço competitivo nas corridas

Baidu agora tem serviço de táxis-robô na China
Créditos: Divulgação Apollo

Veículos autônomos estão aos poucos se tornando uma realidade e isso acaba impulsionando o mercado de transporte de passageiros com essa tecnologia, uma das empresas interessadas nesse mercado é a Baidu. A gigante chinesa de tecnologia está desenvolvendo sua própria frota de “táxis-robô” e vinha testando os seus veículos de forma gratuita, mas agora ela recebeu o aval para poder testar o serviço cobrando os passageiros.

29/11/2021 às 16:25
Notícia

100km com apenas 4 litros de combustível - Clio E-Tech deve ...

Novo carro híbrido da Renault faz parte da estratégia da empresa para o território nacional

Essa nova autorização é importante para a empresa, e para os carros autônomos, por permitir o teste da tecnologia em Pequim, sendo essa a primeira vez que uma cidade tão grande permite que empresas cobrem pelo serviço de táxi autônomo. Isso mostra a confiança do governo local nas tecnologias desenvolvidas pela empresa.

Atualmente a divisão Apollo, que administra o negócio de táxis-robô da Baidu, está liberada para realizar o teste do seu serviço com 67 carros autônomos no distrito suburbano de Yizhuang, na Capital da China. Com esse primeiro teste pago da tecnologia acontecendo, a empresa não divulgou o preço que irá praticar pelas corridas, mas em entrevista a CNBC, o vice-presidente e diretor de operações de segurança do Grupo de Condução Inteligente do Baidu, Wei Dong, afirmou que a empresa cobrará preços "comparáveis às tarifas de transporte de passageiros de nível premium disponíveis”.


Créditos: Divulgação Apollo

Apesar de não ter uma confirmação da empresa de preço, a CNBC tirou como base o preço cobrado por aplicativos concorrentes para saber a média de preço que deve ser cobrado. Um dos aplicativos concorrentes no serviço de transporte autônomo chamado de ‘Luobo Kuaipao’, que também tem permissão do governo para cobrar o seu serviço, cobra cerca de 34 yuans, cerca de R$ 30, em um trajeto de 3 quilômetros. Já o ‘Didi’, que é um serviço de transporte por aplicativo, cobra uma taxa premium de 27 yuans, R$ 23, pelo mesmo trajeto.

A Baidu já vinha realizando testes com o seu veículo anteriormente, mas era proibida de cobrar por essas corridas. Durante o teste gratuito, mais de 20 mil usuários eram cadastrados na plataforma e faziam uma média de 10 viagens por mês, agora a empresa tem que conseguir manter esses números com o serviço se tornando pago .

Fonte: CNBC

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.