Volkswagen ID.3: carro elétrico tem perda de até 7,5% da capacidade de bateria no primeiro ano
Créditos: Divulgação Google

Volkswagen ID.3: carro elétrico tem perda de até 7,5% da capacidade de bateria no primeiro ano

Modelo testado pela fabricante apresentou uma queda de 8% em 14 meses de uso

Recentemente a entrega dos primeiros carros elétricos Volkswagen ID.3 1ST completaram um ano e alguns usuários relataram a degradação da bateria nos primeiros 12 meses de utilização, com um youtuber de tecnologia apontando que o seu modelo perdeu cerca de 7,5% da sua capacidade original Essa queda foi testada por ele e apresentou esse nível de degradação, algo que acabou sendo confirmado pela Volkswagen.

23/11/2021 às 19:30
Notícia

Descubra 7 motos elétricas que custam menos do que R$ 20 mil ...

Entre alguns dos modelos mais interessantes está a EV1 Sport, da fabricante brasileira Voltz

Como relatado pelo InsideEVs, o canal Battery Life percorreu em um ano com seu modelo um total de 22.644 km e realizou um teste após isso com uma velocidade média de 90 km/h. Os resultados obtidos no último teste, comparados com o primeiro, indicam que a bateria estava fornecendo apenas 4,4 kWh, cerca de 7,5% menos que um ID.3 1ST novo.

Entretanto, o criador de conteúdo indica que a queda apresentada no seu modelo da Volkswagen se dá pelo seu uso muito específico, onde ele levou o carro ao limite durante os três primeiros meses de uso. Em uma atualização ao seu teste mais recente, o youtuber usou um aplicativo scanner profissional de carros e constatou que o modelo contava com uma bateria disponível de 54.148,72 Wh, cerca de 6,6% menor que no lançamento.

Mas para ter uma resposta em definitivo sobre a capacidade da bateria do seu veículo após um ano, o Battery Life questionou diretamente a fabricante. Em um posto de atendimento da Volkswagen os funcionários fizeram um procedimento especial de carga e descarga, apontando que a bateria do carro estava com uma saúde de 92%, mostrando uma queda de 8%, ainda maior do que a do primeiro teste.

Como o carro foi testado um pouco depois, com 14 meses de uso e uma quilometragem total 25.000 km, é possível acreditar que o relator anterior, de uma queda de 7,5% na saúde da bateria, pode ser bastante preciso.


Créditos: Divulgação Volkswagen 

Continua após a publicidade

23/11/2021 às 16:26
Notícia

Biólogo brasileiro pede celular para Samsung, recebe um não e...

Sérgio Rangel trabalha com divulgação científica e tem 30 mil inscritos no YouTube

Segundo o InsideEVs, essa queda mais expressiva no primeiro ano de uso de um carro elétrico é normal. Com o passar do tempo o desgaste da bateria deve ser menos expressivo e ir diminuindo aos poucos.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Battery Life, InsideEvs
User img

Willian Ferreira

Willian Ferreira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2019 e começou a estudar Sistemas na Estácio. Desde criança é um aficionado por games, essa paixão acabou despertando o interesse na área de tecnologia. Joga de tudo um pouco, mas tem uma preferencia para jogos de ação, FPS e Fable.

DJI MAVIC 3 em um SUPER UNBOXING com COMPARATIVOS de DRONES

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.