Cientistas desenvolvem células solares bifaciais 'verdadeiras' de 29% de potência
Créditos: Eric Byler | The Australian Nation University

Cientistas desenvolvem células solares bifaciais 'verdadeiras' de 29% de potência

Célula é capaz de gerar energia quase simétrica em ambas as superfícies do dispositivo

Recentemente cientistas da Australian National University (ANU) em Canberra descobriram o que pode ser chamado de "verdadeira" célula solar bifacial, ao usar  processamento laser, os cientistas foram capazes de fazer com que a célula solar pudesse reproduzir mais energia de ambos os lados. O feito não só é um excelente avanço para as fazendas solares e a energia limpa, como a quebra de um recorde mundial. 

16/06/2021 às 20:55
Notícia

HDT Energy, Huawei e WDC Solar anunciam parceria para o merca...

Empresas brasileiras e chinesa Huawei visam trazer soluções tecnológicas para o segmento

O investigador principal, Dr. Kean Chern Fong explicou que essas células solares bifaciais superam de maneira fácil o desempenho das células de silício de lado único.

"Nós desenvolvemos o que eu chamaria de uma verdadeira célula solar bifacial, já que ela tem capacidade de geração de energia quase simétrica em ambas as superfícies do dispositivo", disse o Dr. Fong.

“Quando implantada em um parque solar convencional, uma célula bifacial absorve a luz de entrada direta, ao mesmo tempo em que aproveita a reflexão do solo, que pode contribuir com a geração de energia adicional de 30%.? 

“As células solares bifaciais estão se tornando cada vez mais importantes na implantação de fazendas solares e espera-se que tenham uma participação de mercado de mais de 50% nos próximos cinco anos.  

"Nosso trabalho demonstra as incríveis capacidades desta tecnologia."

O trabalho realizado pela equipe de pesquisa fez com que conseguissem atingir uma eficiência de conversão frontal de 24,3% e uma eficiência de conversão traseira de 23,4%, representando um fator bifacial de 96,3%. Fazendo com que esse desempenho represente uma saída de energia efetiva de aproximadamente 29%, o que é muito acima do desempenho já registrado da melhor célula solar de silício de lado único.

"Este é um recorde mundial para células solares dopadas com laser seletivamente e entre as células solares bifaciais de maior eficiência", disse o Dr. Ernst."

Continua após a publicidade

O trabalho realizado foi apoiado pelo governo australiano por meio da Australian Renewable Energy Agency (ARENA) e do Australian Centre for Advanced Photovoltaics (ACAP), e os resultados da pesquisa verificados pelo órgão nacional para pesquisa científica na Austrália (CSIRO).

Fazendas Solares no Brasil

O Brasil atualmente conta com 2.469 usinas solares, sendo a maior delas inaugurada em janeiro de 2020 e chamada de São Gonçalo, em homenagem a cidade onde está localizada, São Gonçalo do Gurguéia no estado do Piauí.

Para elucidar de uma forma mais clara os benefícios desse tipo de energia produzida, a usina solar São Gonçalo ao fim de 2020 tinha previsão de chegar ao funcionamento máximo produzindo aproximadamente 1.500 GWh de energia, o que impediria que 860.000 toneladas de gás carbônico fossem emitidos no meio ambiente e alcançando a atmosfera, o que contribuiria ainda mais para os efeitos estufa.

O número de fazendas solares vem crescendo em nosso pais, então sem sombra de dúvida pesquisas como a realizada pela Australian National University impactaram de uma forma extremamente positiva a forma como usinas fotovoltaicas produziram energia de agora em diante.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

User img

Diogo Batista

Um apaixonado por games e filmes de horror desde criança, amante de metal extremo e um pai orgulhoso. Começou a produzir conteúdo na internet quando tudo ainda era mato e não parou mais.

DJI MAVIC 3 em um SUPER UNBOXING com COMPARATIVOS de DRONES

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.