Rolls-Royce Holding iniciará fabricação de reatores nucleares modulares
Créditos: Divulgação/Rolls-Royce

Rolls-Royce Holding iniciará fabricação de reatores nucleares modulares

Empresa já produzia os reatores para submarinos da marinha britânica

Rolls-Royce Holdings dá mais um passo no seu portfólio de "produção de energia". Já conhecida no meio aeronáutico pela fabricação de motores de aeronaves e menos conhecida por fabricar os reatores nucleares dos submarinos da Marinha Britânica, a empresa agora fabricará reatores modulares pequenos para gerar energia para residências.

11/11/2021 às 15:30
Notícia

Empresa brasileira fecha compra de 4 milhões de painéis solar...

Aldo Solar fechou o maior contrato de geração de energia distribuída do país

Somando o dinheiro de investimento privado e público, a Rolls-Royce juntou R$ 3.293.329.000 (em palavras mais curtas, mais de 3 bilhões). O governo do Reino Unido investiu 280 milhões de dólares, enquanto as empresas BNF Resources (França) e Exelon (Estados Unidos) entregaram 210 milhões de dólares no projeto. A Rolls-Royce contribuiu com pouco mais de 70 milhões de dólares.

O novo projeto da Rolls-Royce vai ao encontro da recém anunciada ideia da empresa de entrar no ramo de energy-as-a-service. Os reatores modulares pequenos (SMR em inglês) podem ser montados em uma fábrica e ser transportado até o local onde será instalado para produzir e entregar energia às residências. Um SMR da Rolls-Royce poderá ocupar uma usina do tamanho de dois campos de futebol (aquele que usa o pé mesmo), bem menor que outras usinas nucleares, que utilizam outros modelos de reatores. O reator será capaz de entregar energia para alimentar até 1 milhão de residências.

Por já ter experiência fabricando reatores para submarinos, não será uma adição tão divergente do seu portfólio. Entretanto, os primeiros reatores modulares pequenos só devem chegar aos clientes (em um primeiro momento só o governo britânico) em 2030. Os SMR poderão ser montados no local, além da opção de já ser entregue totalmente pronto na usina.

Uma informação importante: a Rolls-Royce Holdings não tem mais nenhuma relação com a Rolls-Royce dos carros. A BMW comprou a marca dos veículos de mesmo nome em 1998. Então... Não, não teremos (ainda, quem sabe... Apesar do futuro dos carros ser a eletrificação) um Rolls-Royce Phantom com motor a urânio. E ah, nem um avião com motor nuclear fabricado pela Holdings. Isso não é mais falado.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Gizmodo Fonte: Rolls-Royce
User img

Felipe Freitas

Felipe Freitas é formado em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mas, segundo quase todo mundo, tem cara de quem fez Sistemas. Começou nos jogos com o SNES do seu tio, nunca passou da parte da montanha em Legend of Legaia e adora jogos com histórias bem feitas. Não perde a chance de fazer uma Jojo Pose.

Drone DJI Mavic 3 tem qualidade de CINEMA? BELAS IMAGENS em FLORIPA! [4K CINEMATIC]

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.