Facebook verificou sem querer uma página que se passava por Elon Musk
Créditos: Reprodução/Facebook

Facebook verificou sem querer uma página que se passava por Elon Musk

Página tinha mais de 153 mil seguidores e já saiu do ar

02/11/2021 às 17:10
Notícia

Nos Estados Unidos, FBI exige dados de usuário do mensageiro ...

Aplicativo concorrente do WhatsApp não captura dados dos seus usuários

O Facebook verificou por engano um perfil falso do Elon Musk. A página, criada e administrada por fãs, tinha mais de 153 mil seguidores. Entretanto, a página saiu do ar logo após conseguir o selo e ganhar popularidade. Ainda não se sabe ao certo se a rede social tirou do ar ou os proprietários desativaram.

O próprio perfil deixa claro que é uma página de fã. A informação estava disponível na aba Sobre. Veja: "Musk possui um carro Tesla Roadster 0001 (o primeiro a sair da linha de produção) da Tesla Motors, uma empresa na qual ele é um dos primeiros investidores. O Roadster é um carro esportivo elétrico a bateria com um alcance de 220 milhas. Esta é uma fanpage, enviando tweets etc dele."

Reprodução/Facebook

Ameaças ocultas

Apesar de parecer apenas uma página para divulgar o trabalho de Musk, a página mostrou ter más intenções. Primeiramente, o perfil, criado em 2019, começou com o nome de “Kizito Gavin” que é o nome invertido do futebol jogador Gavin Kizito, como reportado pelo The Verge. E somente em 2021, o perfil mudou de nome por seis vezes, assumindo por último Elon Musk.

Neste dois anos o perfil fez apenas dez publicações. Mas, após garantir a verificação, o perfil fez uma publicação ofertando Bitcoin. A mensagem (claramente falsa) foi apagada horas depois. 

Na seção Transparência da página também disse que as pessoas que administravam a página estavam baseadas no Egito. Musk mora no Texas.

01/11/2021 às 18:45
Notícia

Cashback em pagamentos via WhatsApp está sendo testado na Índia

Bastaria fazer transferências de qualquer valor para ganhar o reembolso

Continua após a publicidade

Ainda não se sabe ao certo como a página conseguiu o selo de verificação, visto que Facebook exige que os proprietários de contas preencham um formulário com uma identificação oficial na forma de carteira de motorista, passaporte, carteira de identidade nacional, declaração de imposto, conta de luz recente ou artigos de incorporação.

A verificação é um desafio para grandes plataformas de mídia social. O Twitter também lutou com o problema. Ele pausou seu programa de verificação em 2017 e o relançou no início deste ano. O relançamento foi um tanto turbulento, e a empresa admitiu em julho que verificou por engano um pequeno número de contas falsas.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: The Verge, Endgadet
User img

Cristino Melo

DJI MAVIC 3 em um SUPER UNBOXING com COMPARATIVOS de DRONES

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.