Tesla: Musk diz que venderia suas ações para combater a fome no mundo
Créditos: Tesla/Climainfo

Tesla: Musk diz que venderia suas ações para combater a fome no mundo

Após declaração, ações da empresa subiram, Musk não vendeu nada e fome continua

Tesla, digo, Elon Musk, aprontou mais uma das suas polêmicas. Uma daquelas que gera crescimento das ações das suas empresas. Musk trocou alguns tweets com David Beasley, diretor do Programa Mundial de Alimentos (PMA, ou WFP em inglês) das Nações Unidas (ONU), não muito amigáveis, sobre combate a fome no mundo. Vamos ao contexto.

29/10/2021 às 17:48
Notícia

Tesla realiza recall de quase 3 mil veículos por problema na ...

Recall é o quinto da fabricante no período de um ano

David Beasley declarou na semana passada que uma doação de 0,36% da fortuna de todos os maiores bilionários do mundo ajudaria a salvar milhões de pessoas em risco de morte por fome. Em outra entrevista, para a CNN, Beasley comentou que 2% da riqueza de Musk, o equivalente a 6 bilhões de dólares (e muitos vários reais) seria o suficiente para acabar com a fome do mundo. Aí que vem a resposta do CEO da Tesla.

Musk respondeu um tweet que dizia que o PMA arrecadou US$ 8,6 bilhões em 2020 e não conseguiu resolver o problema (atente para esta informação que será explicada adiante). O sul-africano disse que se o programa da ONU explicasse como US$ 6 bilhões resolveriam a fome mundial, ele venderia as ações e doaria o dinheiro. Entretanto, a PMA deveria manter a prestação de contas públicas e aberta para todos verem como o dinheiro é gasto. A declaração fez as ações da Tesla subirem 8,48%, valendo R$ 212,84. Beasley foi ao Twitter e respondeu.

O diretor da PMA, que explicou também que não está implicando com Musk, disse que a prestação de contas já é pública e focado na transparência e a equipe financeira da empresa pode revisar e trabalhar com o programa para ter confiança no sistema. Ele explicou que o dinheiro não resolverá a fome do mundo e que o PMA precisa de US$ 6 bi agora para combater a "tempestade perfeita": Covid-19, diminuição na produção de alimentos devido às mudanças climáticas e conflitos armados (como a Guerra do Iêmen). 

Continua após a publicidade

Musk insistiu que Beasley mostrasse o "livro-caixa" (que está disponibilizado no site do PMA e pode ser acessado clicando aqui), enquanto o diretor do programa respondeu que mostraria, em um encontro físico "na terra ou no espaço", mas que preferia nas áreas de atuação do PMA, para que o CEO da Tesla pudesse ver o trabalho da equipe, o uso das tecnologias, o plano e "livro-caixa". Enquanto os dois geravam engajamento na rede social, com Musk sendo mesquinho (e manipulando o mercado) e Beasley nem divulgando o link incluso ali em cima (talvez por teimosia), o mapa da fome da ONU estima que quase 1 bilhão de pessoas, em 93 países, estejam em insegurança alimentar, sem ter o suficiente para comer.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Info Money, CBS News
User img

Felipe Freitas

Felipe Freitas é formado em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mas, segundo quase todo mundo, tem cara de quem fez Sistemas. Começou nos jogos com o SNES do seu tio, nunca passou da parte da montanha em Legend of Legaia e adora jogos com histórias bem feitas. Não perde a chance de fazer uma Jojo Pose.

DJI MAVIC 3 em um SUPER UNBOXING com COMPARATIVOS de DRONES

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.