Esta empresa é especializada em criar humanos digitais para o metaverso
Créditos: Divulgação | Soul Machines

Esta empresa é especializada em criar humanos digitais para o metaverso

O objetivo final da Soul Machines é ensinar essa "equipe" como tomar decisões baseadas em objetivos

Quando falamos de criar humanos digitais, vários programas já foram mencionados aqui no Mundo Conectado. Mas, dessa vez, temos uma empresa especializada nisso e que vai um passo além. 

27/10/2021 às 18:20
Notícia

Facebook anuncia investimento de US$ 10 bilhões na criação do...

Os resultados do terceiro trimestre de 2021 da empresa demonstraram o interesse no segmento

O representante do The Verge, Alexis Ong, teve uma experiência com um humano digital criado pela empresa de tecnologia Soul Machines, com sede em Auckland. De acordo com as palavras da mulher loira com quem ele conversava, seu trabalho seria responder perguntas, mas sem pré-gravações, como uma interação natural. Essas "pessoas" rodam no software Humans OS 2.0 da Soul Machines, que pode criar uma pessoa digital em tempo real.

A ideia desses humanos é estar dentro do metaverso, popularmente imaginado como um ambiente de jogo em que humanos usam avatares para viver dentro desse software. Greg Cross, cofundador da Souls Machines, diz que esse metaverso será preenchido com a "força do trabalho digital" - um fluxo desses humanos digitais sob medida que serão algo parecido com NPCs (personagens não jogáveis em games) em mundos digitais.

A Soul Machines produz principalmente pessoas digitais para atendimento ao cliente e alcance público, mas eles também trabalharam com will.i.am e Carmelo Anthony. A empresa tem pessoal digital representando, por exemplo, a Organização Mundial da Saúde, a Maryville University, o banco Westpac, a polícia da Nova Zelândia e o SK-II para cuidados com a pele.

Continua após a publicidade

Como o The Verge cita, a Soul Machines pode ser pioneira em trazer a neurociência dura para a arte de criar humanos digitais, que são uma parte essencial do arsenal de efeitos especiais de Hollywood. Além disso, a companhia já tem pessoas digitais trabalhando no campo com cérebros digitais “ensináveis”, como uma criança.

A virtualização já vem sendo desenvolvida em algumas áreas, como a educação. No Entanto, a ideia dessa empresa também é vista como controversa dentro de valores e prejuízos que esses avatares poderiam dar a sociedade. Em outro quadro, o trabalho da Soul Machines levanta questões sobre como as pessoas digitais trabalhariam em diferentes metaversos.

No momento, o pessoal digital da empresa ainda precisa da orientação de um "treinador" humano. O objetivo final da Soul Machines é ensinar essa "equipe" como tomar decisões baseadas em objetivos. Mas a empresa já declarou publicamente que não permitirá que políticos usem seus serviços para evitar amplificar o extremismo, por exemplo.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: The Verge
User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

Drone DJI Mavic 3 tem qualidade de CINEMA? BELAS IMAGENS em FLORIPA! [4K CINEMATIC]

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.