Caso Alec Baldwin: como funciona uma arma cenográfica e quais são os perigos?
Créditos: Reprodução/ Instagram/Alecbaldwininsta

Caso Alec Baldwin: como funciona uma arma cenográfica e quais são os perigos?

Mesmo sem projétil, tiro de festim pode machucar se não houver cuidados nos sets

A trágica e acidental morte de Halyna Hutchins, diretora de fotografia, no set do filme Rust retoma o holofote no debate sobre o uso de armas cenográficas em sets de filmagens. Por mais que elas sejam, em teoria, inspecionadas antes do seu uso, com profissionais dedicados a essa função, ainda se tratam de armas reais em filmes onde disparos são efetuados.

22/10/2021 às 10:30
Notícia

Ator Alec Baldwin mata diretora acidentalmente durante gravaç...

Na trama Baldwin é sentenciado a forca pela morte acidental de um fazendiro

Vamos primeiro explicar como funciona uma bala. A munição de uma arma é como uma garrafa de vinho: há o conteúdo no seu interior e a rolha tampando. O cartucho possui um estojo, onde é carregado a pólvora e o projétil/bala na ponta, que "fecha". Ao puxar o gatilho, o percussor se choca contra a espoleta, na base da munição, e forma a faísca. Essa faísca queima a pólvora, que libera os gases responsáveis pela expulsão do projétil. Similar ao processo de assoprar uma bolinha de papel de um canudo. Agora vamos para o tiro de festim.

Nas armas cenográficas, que podem ser armas reais, inoperantes ou simulacros, a munição só possui o estojo. Ao estourar, ela faz o barulho e a explosão igual a uma arma, mas sem empurrar um projétil. É utilizado cera, papel ou algodão para fechar o cartucho. Para dar mais realismo e efeito visual, o festim costuma ser preenchido com mais pólvora que uma munição normal. No acidente que matou Brandon Lee havia uma bala de testes, no cano. Esta possuía menos pólvora que o normal, mas devido ao tiro de festim, foi expelida com a força equivalente a uma bala de verdade.

Mesmo sem a bala, o festim ainda pode ser perigoso. O cartucho expelido da câmera ainda sai quente, o que pode machucar alguém. Além claro de poder causar ferimentos se houver um "disparo à queima roupa". 

Produções cinematográficas e televisas contratam um profissional especializado para supervisionar as armas das gravações. Esse profissional gera um custo que poderia ser substituído pelo uso de efeitos especiais, mais baratos e capazes de produzir o mesmo realismo. Craig Zobel, diretor de séries como Westwolrd e Mare of Easttown, se pronunciou sobre o acidente no set de Rust afirmando que não há necessidade do uso de armas em sets e que elas deveriam ser totalmente proibidas. David Slack, roteiristas de séries policiais como Law & Order e Person of Interest, declarou que "armas cenográficas são armas" e que precisam ser cuidadas e manuseadas corretamente.

Entenda o caso

Continua após a publicidade

O ator americano Alec Baldwin matou acidentalmente durante gravações do filme Rust a diretora de fotografia. Halyna Hutchins, 42 anos, foi alvejada por uma arma presente no set de filmagem. Ela foi transportada de helicóptero ao hospital da Universidade de Novo México, mas não resistiu aos ferimentos. Joel Souza, diretor do longa, também foi ferido acidentalmente e encontra-se em tratamento no hospital. A polícia de Novo México está investigando o caso e, até o momento, nenhuma queixa foi prestada. 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: BBC, G1
User img

Felipe Freitas

Felipe Freitas é formado em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mas, segundo quase todo mundo, tem cara de quem fez Sistemas. Começou nos jogos com o SNES do seu tio, nunca passou da parte da montanha em Legend of Legaia e adora jogos com histórias bem feitas. Não perde a chance de fazer uma Jojo Pose.

Meta e o Metaverso: os planos de Zuckerberg para o futuro das redes sociais

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.