PayPal pode comprar a rede social Pinterest por US$ 45 bilhões [RUMOR]
Créditos: Souvik Banerjee no Unsplash

PayPal pode comprar a rede social Pinterest por US$ 45 bilhões [RUMOR]

Empresa pretende adquirir a sua rede social para ter seu próprio comércio social

O Paypal está próximo de anunciar um acordo para adquirir o Pinterest, ao menos é o que indica informações publicados pelo CNBC e Bloomberg. Ambas as empresas estão conversando para fechar essa aquisição que deve ter um valor total de US $ 45 bilhões, com cada ação da rede social custando cerca de US $ 70, que será pago principalmente com ações do PayPal.

21/10/2021 às 10:59
Notícia

Uncharted: Fora do Mapa ganha primeiro trailer oficial

Filme tem previsão de lançamento para fevereiro de 2022

Quem falou primeiro sobre essa possível negociação foi o CNBC ontem, mas o rumor ganhou ainda mais força quando a Bloomberg também falou sobre isso em seu relatório matinal. Essas informações foram o suficiente para impulsionar as ações do Pinterest, que fecharam o dia com uma alta de 12,75% (cerca de US $ 7,09 por ações), fechando o dia com o valor de US $ 62,68 cada ação. Outro ponto que ajuda a fortalecer essa possível compra é o aumento das ações da rede social nos últimos cinco dias, que subiram um total de 22%, indicando que rumores sobre a compra podem ter vazado anteriormente.

A negociação deve ser fechada por um total de US $ 45 bilhões, um valor bastante alto, principalmente se for considerado que o Pinterest abriu seu capital em 2019 pela primeira vez, tendo uma avaliação de mercado de US $ 10 bilhões. Essa negociação está sendo vista como algo que o PayPal está sendo "obrigado a fazer", isso porque seus principais concorrentes estão apostando bastante no conceito de compras e pagamento através das redes sociais.


Créditos: Divulgação PayPal

Uma das principais apostas com esta aquisição será a entrada da plataforma no seu próprio comércio social, algo que vem ganhando cada vez mais força recentemente. Esse tipo de venda é o que o Facebook vem investindo bastante no Instagram e Facebook, permitindo que lojas e usuários tenham uma maior facilidade para comprar produtos na rede social, mantendo toda a transação dentro da plataforma.

Essa possibilidade encheu os olhos do PayPal, que não quer ter de depender das redes sociais de terceiros para poderem participar desse novo e lucrativo mercado. Por isso a aquisição do Pinterest pode ser fundamental para o futuro da empresa, principalmente se ela conseguir fortalecer o comércio dentro do site.

21/10/2021 às 10:33
Notícia

Donald Trump planeja lançar rede social em 2022

TRUTH Social promete ser uma rede social sem discriminação política

Continua após a publicidade

Entretanto, essa possível compra não está alegrando os investidores do PayPal, como apontado pelo PhoneArena, as ações da empresa caíram 4,91% (cerca de US $ 13,34) durante o dia de ontem. Caso a aquisição realmente aconteça, essa será a maior compra de uma empresa de mídias sociais desde 2016, que foi quando a Microsoft comprou o LinkedIn por US $ 26,2 bilhões.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: CNBC, Bloomberg, PhoneArena
User img

Willian Ferreira

Willian Ferreira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2019 e começou a estudar Sistemas na Estácio. Desde criança é um aficionado por games, essa paixão acabou despertando o interesse na área de tecnologia. Joga de tudo um pouco, mas tem uma preferencia para jogos de ação, FPS e Fable.

DJI MAVIC 3 em um SUPER UNBOXING com COMPARATIVOS de DRONES

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.