Google trabalha em soluções para reduzir fake news no Brasil nas Eleições 2022
Créditos: Tecnoblog | Wikipedia

Google trabalha em soluções para reduzir fake news no Brasil nas Eleições 2022

Relatório de transparência chegará ao país no primeiro semestre do próximo ano

Recentemente a Google apresentou seu plano de ações para as eleições de 2022. O objetivo é apresentar soluções para diminuir o volume de fake news (notícias falsas, em português) e tornar as informações mais seguras e de qualidade. 

O Google está atuando com parceria ainda mais estreita com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Essa junção ocorre desde 2014 para agir como uma ferramenta contra disseminação de notícias falsas. Entre as novidades, teremos um relatório de transparência sobre todos os anúncios com cunho político. O Google também realizará um trabalho combativo com jornalistas.

O relatório de transparência ajuda a saber informações como valores, quem investiu e até mesmo quais Estados estão recebendo um maior investimento político. Ele já está disponível em oito países e será disponibilizado no Brasil no primeiro semestre de 2022. Para acessá-lo, não há qualquer tipo de cobrança ou limitações e deve ser encontrado na página própria do Google.

Outra das principais ações é deixar a aprovação de anúncios relacionados a assuntos políticos mais rígida. Agora, além de passar pelo algoritmo, esses anúncios passarão por uma curadoria humana assim que for submetido para a plataforma. E os criadores desses anúncios terão que se identificar para que o conteúdo seja colocado no ar. 

De acordo com Natalia Kuchar, advogada e integrante da Ads & Platforms, toda e qualquer pessoa que queira anunciar na plataforma Google terá que informar seu CPF ou CNPJ para que seja aprovado a partir do dia 17 de novembro deste ano. Tais ações valerão tanto para a disposição de anúncios exibidos em resultados de pesquisas como no YouTube, e todas as informações desses criadores de anúncios também estarão no relatório de transparência.

Continua após a publicidade

E, claro, haverá uma parceria com 33 veículos de imprensa e seus profissionais para combater as fake news nas eleições de 2022. A COMPROVA, nome que ela essa ação, existe deste 2018 e inclusive cursos em parceria com a ABRAJI foram ofertados para jornalistas para que a verificação e checagem de informações seja mais assertiva.

O Google terá uma página de Trends/Tendências apenas para assuntos políticos e a Play Store também dará destaque a aplicativos desenvolvidos por órgãos do Governo na sua página inicial. Uma seção apenas com aplicativos relevantes, como o e-título, também será criada.

Por fim,  R$ 1,5 milhão será destinado para organizações que estiverem desenvolvendo projetos que resultarão na candidatura de pessoas que fazem parte de minorias através do Google.org.
 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Showmetech
User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

DJI MAVIC 3 em um SUPER UNBOXING com COMPARATIVOS de DRONES

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.