Pentágono está trabalhando para evitar ataques inimigos usando inteligência artificial
Créditos: Reprodução/Touch Of Light

Pentágono está trabalhando para evitar ataques inimigos usando inteligência artificial

Sistema de defesa saberá com antecedência quando um ataque será realizado

E se no lugar de radares vasculhando o céu para evitar um ataque de mísseis, fosse utilizado um sistema Minority Report? Em que o ataque fosse previsto e as forças armadas respondessem antes mesmo de serem atacadas. Pelo jeito é isso que o exército americano deseja realizar em breve.

05/08/2021 às 10:33
Notícia

Projeto do Pentágono envolve IA que pode prever crimes "...

Solução usa aprendizado de máquina e computação na nuvem para analisar movimentação inimiga

Depois do general Glen VanHerck ter relatado em uma entrevista o sobre o projeto do Experimentos de Dominância de Informações Globais (GIDE)Lloyd Austin, Secretário de Defesa de Joe Biden, elogiou a nova estratégia de defesa dos Exército Americano. A ideia de utilizar inteligência artificial, com três AIs — Cosmos, Gaia e Lattice — interligadas, segundo Austin é "a combinação perfeita entre tecnologia, conceitos operacionais e capacidades, todas costuradas em uma rede de um jeito que é tão incírvel, flexível e formidável que fara os adversários pausarem".

O sistema de defesa não funcionará como um escudo antimíssil, o objetivo é mesmo entender o que o inimigo estará fazendo. Veja com esse exemplo usando um contexto real: a China está há anos em discussão sobre a demarcação do Mar do Sul da China. Depois da região da Crimeia e a fronteira das Coreias, esta deve ser uma das mais tensas na atualidade. O país, junto com o EUA, vão cada vez mais enviando navios militares para a região. Então vamos supor que a inteligência artificial das Forças Armadas americanas identifique uma movimentação estranha, maior presença de fragatas, porta-aviões etc. A IA entende que é um ataque ou algum outro movimento grave, logo o exército dos EUA pode se antecipar, fazendo um "contra-ataque antes do ataque" ou reforce as tropas. A proposta é que, com o inimigo sabendo que você sabe a estratégia dele, ele terá que recuar ou pensar em uma nova estratégia.


Fonte: Divulgação/U.S. Secretary of Defense

27/07/2021 às 17:12
Notícia

Pentágono contraria próprio relatório e diz que drones da DJI...

Declaração parece ser mais um capítulo da disputa entre EUA e China

Mas mesmo com a previsão de só entrar em operação no próximo ano e que a tecnologia de IA esteja evoluindo, ainda é um risco deixar decisões tão importantes como as militares na mão de um sistema autônomo, mesmo com a decisão final sendo humana. Em janeiro de 2020, o voo Ukraine International Airlines 752 foi abatido no Irã após ser confundido com um míssil. Com os ânimos acirrados e clima de Guerra Fria entre EUA e China, o sistema precisará de muito desenvolvimento para evitar que erros custem a vida de civis. 

Continua após a publicidade

 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Tom's Hardware
User img

Felipe Freitas

Felipe Freitas é formado em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mas, segundo quase todo mundo, tem cara de quem fez Sistemas. Começou nos jogos com o SNES do seu tio, nunca passou da parte da montanha em Legend of Legaia e adora jogos com histórias bem feitas. Não perde a chance de fazer uma Jojo Pose.

Meta e o Metaverso: os planos de Zuckerberg para o futuro das redes sociais

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.