São Paulo anuncia redução de ICMS para carros elétricos, híbridos e usados
Créditos: Reprodução/Jornal Contabil

São Paulo anuncia redução de ICMS para carros elétricos, híbridos e usados

Além disso, a redução do ICMS também irá atingir medicamentos, eletroeletrônicos e diversos outros produtos

O governador do estado de São Paulo, João Dória, anunciou nesta sexta-feira (01), cortes no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). A redução será válida a partir de 1º de janeiro de 2022 e inclui produtos nos setores de tecnologia, saúde e alimentícia. O ICMS para veículos elétricos e híbridos será reduzido de 18% para 14,5%, tal alteração também inclui ônibus e caminhões de todos os tipos. Já automóveis usados terão redução na alíquota de 3,9% para 1,8%.

Veja as cidades mais conectadas do Brasil,
com São Paulo e Florianópolis no topo

A redução no imposto também atinge produtos como sucos naturais, de 13,3 para 3%; medicamentos, de 18% para zero; equipamentos de petróleo e gás, de 12% para zero; alimentos e bebidas em geral, de 3,69% para 3,2% e eletroeletrônicos, de 13,3% para 2,65%. Segundo o governo do estado de São Paulo, a medida é uma tentativa de reaquecimento da economia no estado após o período prolongado de isolamento causado pela pandemia. Com a alteração, está previsto uma redução de impostos em até R$ 3 bilhões. 

A Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE) reagiu de maneira positiva às alterações. Segundo o presidente da associação, Adalberto Maluf, as medidas colocam São Paulo, uma das cidades mais conectadas do Brasil, na liderança também da eletromobilidade. "Essas medidas põem São Paulo na liderança nacional da eletromobilidade, ao apoiar as tecnologias limpas de transporte público, individual e de carga", afirmou Maluf.

Frota de carros elétricos

Além de um motor da Ford, Eluminator, que promete transformar qualquer carro em elétrico, diversos países ao redor do mundo estão investindo em uma frota de carros elétricos. O Brasil não quer ficar para trás e um relatório ANFAVEA-BCG aponta que até 2035, até 62% dos veículos no serão elétricos ou híbridos.

De acordo com o relatório, que pode ser acessado aqui, para tal cenário se concretizar será necessário um grande investimento de R$ 150 bilhões em infraestrutura, tecnologia e produção de veículos. São três cenários possíveis de acordo com a previsão:

  • Inercial: Ritmo pautado por oportunidades pontuais, sem metas estabelecidas, sem organização geral dos setores envolvidos no setor de transporte e energia, além da ausência de políticas governamentais que incentivem a eletrificação.
  • Convergência Global: Esforço organizado para acompanhar os movimentos já em curso nos países mais desenvolvidos que buscam adotar frotas completamente elétricas na próxima década. Nesse cenário, o Brasil realizaria um esforço e investimento com a intenção de acompanhar os movimentos de outros países.
  • Protagonismo de Biocombustíveis: Este cenário aposta em combustíveis "verdes", mas com certo grau de eletrificação da frota automotiva que se assemelha ao cenário Inercial, ou seja, com ritmo pautado por oportunidades pontuais, sem metas estabelecidas.

A redução dos impostos do ICMS, deve estimular o movimento da economia para o inicio do ano que vem. O corte expressivo no setor automotivo indica que o estado de São Paulo está de olho nas tendências globais, que caminham na direção de uma frota de carros elétricos.

Continua após a publicidade

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Quatro Rodas, Olhar digital
User img

Luiz Schmidt

Estudante de jornalismo na UFSC. Amante de games, anime, manga e cultura japonesa. Gosta de escrever histórias de horror nas horas livres e sonha em publicar um livro.

Drone Autel EVO II Pro chega ao Brasil - Câmera 6K, 40 Minutos e 9Km [UNBOXING]

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.