Procon-SP pede explicações à Apple e Samsung por venda de celulares sem carregador
Créditos: Divulgação/ Apple

Procon-SP pede explicações à Apple e Samsung por venda de celulares sem carregador

O órgão estuda ação coletiva contra o lançamento de novos aparelhos sem o carregador na caixa

Os novos smartphones da Apple e Samsung estão sendo alvos de questionamentos do Procon-SP, graças à uma antiga polêmica que está de volta com o lançamento de novos modelos: a ausência de carregador na caixa. Os smartphones iPhone 13, Galaxy Z Fold 3 e Galaxy Z Flip 3 estão sendo vendidos sem o componente para carregar os aparelhos.

A caminho: Anatel homologa bateria do iPhone 13 com 3227 mAh

Em entrevista exclusiva ao site TechTudo, o diretor-executivo do Procon-SP, Fernando Capez comenta sobre as ações do órgão para notificar as fabricantes sobre a prática. Para ele, a venda do carregador separadamente do celular configura venda casada, já que para carregar o smartphone é necessário o carregador específico para o aparelho.

O Procon-SP entende que a venda do carregador separadamente do celular configura venda casada, uma vez que você só pode carregar o aparelho com aquele carregador. O consumidor é obrigado a comprar duas peças. Vamos notificar tanto Apple quanto Samsung até a próxima quarta-feira (29) - Fernando Capez

 

A Apple já foi multada em R$ 10,5 milhões, o valor máximo permitido pela legislação. A Samsung previamente já havia estabelecido um acordo com o Procon-SP para venda do carregador em São Paulo, entretanto com os novos produtos, Capez explica que a fabricante decidiu não  seguir com o acordo e acompanhar o que vêm fazendo no restante do mundo. Ele informa que a empresa tem autonomia para arcar com as consequências, caso venha a ser multada pelo órgão. 

Na entrevista, Fernando explica que o consumidor possui a expectativa de que irá receber o carregador ao comprar o smartphone. A quebra de tal rotina, pode resultar em aumentos injustificados de preço para adquirir um produto apto à ser utilizado com todas as suas funcionalidades. O Procon-SP está estudando uma ação coletiva, porém o tema deve demorar a seguir em frente pois necessita de aprovação na Procuradoria Geral do Estado de São Paulo. 


Site não mostra a presença do carregador dentro da caixa, apenas o cabo de carregamento (Créditos: Apple/ Reprodução/TechTudo)

O órgão afirma que a única solução, no momento, para o consumidor que sentir-se lesado e busca resolver de imediato o problema, é registrar queixa em juizado especial cível e solicitar ao juiz que determine a entrega gratuita do carregador.

Até o momento, Samsung e Apple não se pronunciaram oficialmente sobre o assunto. Porém em março, ao ser multada pelo Procon a Apple informou que os iPhones vendidos no Brasil funcionam com carregadores já existentes, inclusive os fabricados por terceiros. Desde que os padrões de segurança da Anatel sejam respeitados, o uso de adaptadores de tomada não viola a garantia do iPhone.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Techtu
User img

Luiz Schmidt

Estudante de jornalismo na UFSC. Amante de games, anime, manga e cultura japonesa. Gosta de escrever histórias de horror nas horas livres e sonha em publicar um livro.

Compramos um iPhone Fake e tivemos uma surpresa

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.