MEC estuda criar a primeira Universidade Federal online do Brasil
Créditos: Pexels/Julia M Cameron

MEC estuda criar a primeira Universidade Federal online do Brasil

Em audiência com a Comissão de Educação do Senado, ministro Milton Ribeiro defendeu a ampliação do acesso ao Ensino Superior

18/09/2021 às 15:05
Notícia

Agência Espacial Brasileira oferece cursos online e gratuitos...

Cursos possuem certificação para os participantes e validação da própria AEB

Durante uma audiência pública com a Comissão de Educação do Senado, realizada nesta quinta-feira (16), o ministro da Educação Milton Ribeiro afirmou que há a intenção de criar a “primeira Universidade Federal Digital” no Brasil.

Com a iniciativa, o Ministério da Educação (MEC) planeja ampliar o acesso dos estudantes de todo o país à rede pública federal de Ensino Superior, segundo publicação da Agência Brasil. 

De acordo com o ministro da pasta, o modelo seguiria aquele já implementado em outros países do mundo, respeitando todas as diretrizes, metas e estratégias estabelecidas no Plano Nacional da Educação (PNE). 

Pixabay/Goumbik

O papel da tecnologia na educação

Em sua fala, Milton Ribeiro destacou que a utilização de tecnologias da informação tem um grande potencial de redução dos custos para os cofres públicos, ao mesmo tempo em que poderá proporcionar ensino de qualidade para os alunos participantes. 

“É isso que temos visto em grandes países que estão desenvolvendo essa ferramenta. Vamos começar com alguns cursos e todos vão poder ter acesso, pois com 400, 500 professores, eu posso atingir a milhões de alunos no país todo, obedecendo às premissas do PNE”, afirmou o ministro da educação.

Ribeiro ainda ressaltou a importância de uma Universidade Federal Digital frente à redução do orçamento, que tem sido consideravelmente impactado por questões como a pandemia da COVID-19. 

Continua após a publicidade

Ainda assim, o ministro completou, afirmando que “vivemos tempo de guerra, de pandemia”, ao justificar um pedido de aumento dos recursos para a pasta feito para os membros do Congresso Nacional. 

“A proposta que o Parlamento vai apreciar fala em um aumento mínimo de cerca de 17% para as universidades federais, e de 28% para os institutos federais. Por que isso? Porque temos 69 universidades federais com 281 campi. E 38 institutos, Cetecs [centros educacionais técnicos], além do Dom Pedro II. E esses, juntos, somam 670 campi. Então, além da visão política de dar mais oportunidade à [formação] de mão de obra técnica, o número de campi [do segundo grupo] é muito maior”, afirmou o ministro Milton Ribeiro, justificando o aumento.

Vale destacar que em maio deste ano foi encaminhado um documento preliminar do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE), organização social vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, o qual citava a avaliação da viabilidade da criação da Universidade Federal Digital entre as metas da Secretaria de Educação Superior (Sesu-MEC), como forma de promoção da educação à distância nas Instituições Federais de Ensino Superior, por meio do programa Reuni Digital.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Agência Brasil
User img

Igor Pankiewicz

Drone Autel EVO II Pro chega ao Brasil - Câmera 6K, 40 Minutos e 9Km [UNBOXING]

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.