China quer impedir e-commerces de vender produtos piratas
Créditos: AliExpress

China quer impedir e-commerces de vender produtos piratas

Proibição pode aumentar a regulação em sites de e-commerce como AliExpress

A China busca aumentar a vigilância e responsabilizar sites de e-commerce, como o AliExpress, com a intenção de evitar a comercialização de produtos piratas. Um projeto de revisão da lei de comércio eletrônicos, proposto pela Administração Estatal de Regulamentação do Mercado da China (SAMR), busca forçar lojas online a fiscalizarem melhor os fornecedores. Plataformas de comércio eletrônico podem sofrer restrições em suas operações e poderão, até mesmo, ter licenças revogadas caso seja identificado o comércio de produtos piratas.

Top Gun: Maverick corre risco de vazar na internet após roubo de BMW de Tom Cruise

O projeto divulgado no dia 31 de agosto pela SAMR, está aberto para receber opiniões públicas (de residentes do país) até o dia 14 de outubro. A iniciativa do governo está alinhada com a luta de fabricantes que há muitos anos lutam contra a falsificação de produtos, enquanto as principais plataformas de e-commerce são inundadas de produtos piratas. Jack Ma, um dos fundadores do AliExpress, inclusive já fez uma polêmica afirmação em 2016 de que os produtos piratas, muitas vezes, são tão bons quantos os originais

Apesar da afirmação polêmica de Jack Ma, novas políticas chinesas devem coibir venda de produtos falsificados

De qualquer forma, a nova política chinesa, aliada à constante pressão do mercado internacional contra a pirataria, deve forçar plataformas de e-commerce como AliExpress e Vipshop a investir no sistema de remoção de produtos falsificados. Se inúmeros processos por direitos autorais internacionais não amedrontavam as grandes plataformas, a vigilância do governo chinês deve forçar que as lojas online evitem a pirataria.

Além do aumento de regulação no comércio eletrônico, A China apertou o acesso de menores de idade à jogos online, definindo horas específicas de jogatina. O País não vê com bons olhos a quantidade de tempo que seus jovens passam na frente do computador, jogando games online. Há algum tempo o site Xinhua, relacionado ao estado chinês, chamou os games de "ópio espiritual". 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Tecnoblog, Terra
User img

Luiz Schmidt

Estudante de jornalismo na UFSC. Amante de games, anime, manga e cultura japonesa. Gosta de escrever histórias de horror nas horas livres e sonha em publicar um livro.

Instalando SSD no PS5 [SHORTS]

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.