Alibaba diz que robôs são o futuro das entregas: "rápidos, confiáveis e baratos"
Créditos: alibabacloud

Alibaba diz que robôs são o futuro das entregas: "rápidos, confiáveis e baratos"

A alta demanda pela entrega de encomendas é um dos motivos para essa afirmação

A gigante chinesa Alibaba, dona de empresas como o AliExpress, está convicta de que o futuro das entregas será baseado em robôs. Atualmente a empresa está implementando 1.000 robôs que realizam entrega de maneira autônoma na China, e todos estarão trabalhando até o final deste ano.

25/08/2021 às 09:45
Notícia

AliExpress está preocupada com a privatização dos Correios

Empresa do grupo Alibaba vem aumentando sua presença em território nacional

Com uma demanda por entregas enorme na China que crescendo em uma velocidade absurda, a empresa afirma que os robôs são uma forma rápida, confiável e relativamente barata para atender ao público.

Os seus robôs autônomos, que são conhecidos como Xiaomanlv, conseguem realizar cerca de 50 entregas por viagem, totalizando até 500 encomendas entregues em apenas um dia. O veículo tem uma autonomia de bateria de 100 km com apenas uma carga.

A empresa ainda exalta que seus robôs poderão realizar a última etapa de entrega, que é quando o produto chega ao cliente, de maneira mais rápida e eficiente, pois não sofrerão com problemas dos entregadores humanos que ficam presos no trânsito ou se perdem durante o roteiro de entrega. Ela ainda adiciona o fato de seus robôs não fazerem desvios ou pausas para fumar.

Crescimento em números

Para contextualizar essa afirmação da Alibaba, temos números que mostram o crescimento do mercado chinês, acompanhe:

Em oito anos o número de remessas enviadas na China aumentou cerca de nove meses. Em 2013 o número de envios realizados da China foi de 9,2 bilhões, esse número saltou para 83,4 bilhões em 2020. Além da China, com a pandemia instaurada por conta do COVID-19, os 13 principais países do mundo enviaram mais de 100 bilhões de pequenos pacotes entre si no ano passado.

Continua após a publicidade

Em 2019, a China recebeu um envio total de encomendas maior que os outros nove países do Top 10 juntos, que inclui EUA, Japão, Reino Unido, Alemanha, Índia, França, Canadá, Itália e Austrália. Junto disso, soma-se o rápido crescimento da classe média chinesa, um censo de 2019 indicou que mais de 60% vivem em cidades, e essa população esta cada vez mais exigente, preferindo receber encomendas em sua residência ao invés de caminhar por quarteirões para buscar.

Um bilhão de chineses realizaram compras no ano de 2019, o que representa cerca de dois terços de toda a população do país. O Fórum Econômico Mundial de 2021 trouxe a informação de que mais de 50% das vendas realizadas pelo varejo online do mundo ocorrem na China.

27/08/2021 às 15:10
Notícia

Mercado Livre terá upgrade de nível pago para usuários terem ...

Valor do upgrade depende do nível atual do cliente e pode chegar a custar R$13,90 por mês no nível 5

Atualmente o país que tem maior porcentagem de sua população comprando online é a Suécia, com 80% da pessoas comprando regularmente, a Coreia do Sul chega próximo desse número seguida de Reino Unido, Noruega e Estados Unidos, todos com mais de 70%. Se a China conseguir alcançar esses números a necessidade de robôs autônomos trabalhando nas entregas se tornará cada vez mais necessário.

A alta demanda por entregas de encomendas somada a eficiência e agilidade dos robôs autônomos, são apenas uma fatia de toda a motivação pela implementação da tecnologia no trecho final da entrega, há também o fato de entregadores humanos serem mais caros a longo prazo para as empresas.

O que você você acha da afirmação do Alibaba a respeito do futuro das entregas? Participe nos comentários com a sua opinião!

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: euronews
User img

Juliano Aires

Vem aí as Smart TVs 4K baratinhas da Amazon! O que esperar? Fire TV OS + Prime Video + Alexa

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.