Ataque hacker à Renner: entenda o que é o ransomware, ataque sofrido pela loja
Créditos: Felipe Freitas/Reprodução

Ataque hacker à Renner: entenda o que é o ransomware, ataque sofrido pela loja

Site da empresa continua fora do ar; resgate pedido é de 1U$ bilhão

20/08/2021 às 09:30
Notícia

Lojas Renner sofre sequestro digital e fica fora do ar

Hackers cobram resgate que pode chegar até US$ 1 bilhão

Na última quinta-feira, a Lojas Renner teve seu sistema de dados atacado por hackers, deixando site da varejista fora do ar até o momento desta reportagem. O ataque cibernético aconteceu através de um ransomware, um software usado por crackers para sequestrar dados de uma empresa ou pessoa e extorquir a vítima através de um pedido de resgate.

Ransomware é basicamente a versão virtual do crime sequestro, mas sem retendo dados no lugar de pessoas. Apesar de que um sequestro de uma conta pessoal em rede sociais ficaria bem mais próximo do crime da vida real.

sequestro digital funciona assim: hackers usam um software para reter informações e criptografam os dados em uma chave de acesso única. Assim, a vítima fica refém dos criminosos para ter acesso a esses  dados novamente. O valor do resgate, costuma ser pedido em criptomoedas, já que não há como rastrear a transação financeira. Esse tipo de golpe está se tornando cada vez mais comum no Brasil e segundo dados da Sonic Wall, o aumento foi de 62% em 2020, quando comparado a 2019. 

Os criminosos podem cometer o ataque de duas maneiras: explorando vulnerabilidades no sistema ou infectando o dispositivo alvo através de algum arquivo malicioso ou link. Existem dois tipos de ransomware: o locker e o crypto. O primeiro proíbe o acesso ao dispositivo e o segundo criptográfica os dados. Este foi o caso do ataque à Renner. Ao todo, 1.300 servidores da empresa estão criptografados, segundo o site Tecmundo.

Jonathan Cardoso, CEO da Wave Commerce, agência de marketing digital especializada em comércio online, reforça alguns pontos e investimentos que precisam de atenção para garantir um site seguro para a empresa e para o cliente. Para Cardoso, certificado SSL, uma plataforma de vendas segura e sistemas antifraudes.

Outra estratégia para não sofrer danos de um ataque do tipo é manter seus dados em um backup. E claro, sempre manter o antivírus atualizado e atento a possíveis e-mails maliciosos.

20/07/2021 às 15:11
Notícia

Lojas online e Epic Games passam por instabilidade nesta terç...

Usuários relatam dificuldade para acessar sites da Renner, Magalu e Marisa, além de não conseguirem l...

Continua após a publicidade

Além da Lojas Renner, outras empresas também já foram atacadas por ransomwares. A empresa JBS sofreu ataques que impactaram de forma internacional seus serviços e tiveram de pagar US$11 milhões aos hackers para ter os dados resgatados. No Brasil, criminosos tentaram invadir o sistema do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, mas o ataque foi contido pela equipe técnica do órgão. E nesta semana o site do Tesouro Nacional também sofreu um ataque de ransomware

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

User img

Felipe Freitas

Felipe Freitas é formado em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mas, segundo quase todo mundo, tem cara de quem fez Sistemas. Começou nos jogos com o SNES do seu tio, nunca passou da parte da montanha em Legend of Legaia e adora jogos com histórias bem feitas. Não perde a chance de fazer uma Jojo Pose.

Conheça o celular 5G mais barato da Motorola

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.