Panasonic encerra produção de TVs no Brasil e deve demitir 130 pessoas até dezembro
Créditos: Panasonic

Panasonic encerra produção de TVs no Brasil e deve demitir 130 pessoas até dezembro

Empresa ainda seguirá fabricando produtos de outros segmentos no Brasil

A Panasonic anunciou hoje (11) que irá encerrar a produção de televisores e produtos de áudio em sua fábrica de Manaus, deixando de ver os produtos desses segmentos em nosso país até o final do ano. É esperado que essa medida ocasione na demissão de cerca de 130 funcionários, o que representa 5% do total de funcionários da empresa.

15/09/2020 às 11:38
Notícia

Sony vai fechar fábrica em Manaus e deixará de vender vários ...

Setor de TVs, câmeras digitais e produtos de áudio serão os afetados no país

A empresa continuará vendendo em nosso país produtos de outros segmentos, onde a empresa acredita ter um lucro que signifique a manutenção dessas áreas, hoje a Panasonic estima ter 2400 funcionários trabalhando em diversos setores, o que demonstra que a venda de TVs era apenas uma pequena parcela de sua operação em nosso país.

Serão mantidos a venda produtos como pilhas, telefones, aparelhos de cuidado da higiene, além do setor da linha branca que envolve geladeiras, micro-ondas, fogões entre outros.

"Nos últimos anos, nós reforçamos, ano a ano, outros segmentos para fazer essa saída do mercado de TV. Todos os nossos produtos são ligados à inovação, como nossos refrigeradores e lavadoras que têm baixo consumo de energia. Temos pilhas alcalinas com 18% mais duração do que uma pilha comum" disse Sergei Epof, vice-presidente de eletrodomésticos da Panasonic, em entrevista para a EXAME.

 

Essa saída do mercado brasileiro segue o exemplo de outra grande empresa japonesa, a Sony, que anunciou o encerramento da produção de seus produtos no final de 2020 e manteve a venda no Brasil apenas os consoles Playstation e seus jogos e acessórios, por meio de importação.

Mas apesar de seguir o mesmo caminho com o setor de audio e video, Sergei Epof afirma que o cenário atual do mercado brasileiro não influenciou na decisão da empresa: "Foi um movimento global planejado para o Brasil depois de crescer nos demais pilares da empresa. Eu não vejo o acontecimento como algo ligado ao momento atual do Brasil.” E complementa: "A diferença é que a Sony não construiu outros pilares e saiu por inteiro do país".

11/08/2021 às 08:00
Notícia

TCL anuncia novas TVs Mini LED com Google TV integrado em alt...

Empresa pretende manter modelos com Roku TV e Google TV

Continua após a publicidade

Nos últimos anos o setor de TVs no Brasil vem sendo liderado por LG e Samsung, que lançam dezenas de modelos todos os anos, de diversos tamanhos e tecnologias, o que fez diminuir as vendas da Panasonic e também da Sony que deixou nosso país recentemente.

A TCL chegou em nosso país para tentar ganhar parte do mercado brasileiro mas ainda está aquém do catálogo ofertado pelas duas grandes sul-coreanas. Algumas empresas brasileiras entraram recentemente na briga pelo mercado de televisores, como a Multilaser e Britania, além da Toshiba que retornou ao nosso país.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: diariodonordeste, istoedinheiro, exame
User img

Juliano Aires

Conheça o celular 5G mais barato da Motorola

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.