Disney chega a acordo e poderá usar o nome Star+ em seu novo streaming
Créditos: Divulgação/Disney

Disney chega a acordo e poderá usar o nome Star+ em seu novo streaming

Companhia faz acordo milionário com emissora de TV americana

A guerra chegou ao fim. Disney e Starz Entertainment chegaram a um acordo e a companhia de Mickey Mouse poderá usar o nome Star+ em seu novo serviço de streaming. Na última segunda-feira (9) as empresas desistiram da disputa judicial. Para isso, a Disney pagará 50 milhões por possíveis danos causados por ela no mercado brasileiro.

09/08/2021 às 14:20
Notícia

Netflix perdeu quase meio milhão de assinantes no último trim...

Empresa passou por um crescimento durante a pandemia, mas números agora apresentam queda

A informação foi divulgada inicialmente pelo site Notícias da TV. Agora, a Disney está liberada para divulgar e lançar a plataforma Star+ no próximo dia 31. Ainda de acordo com o portal, a Disney confirmou não haver mais impedimento jurídico para prosseguir com o uso do nome Star+ no Brasil, restando apenas o rateio entre as partes de possíveis custas judiciais.

É possível obter outra confirmação do acordo, através do sistema de consulta de processos do Tribunal de Justiça de São Paulo. Nesta segunda, foi publicada uma movimentação com a desistência em comum acordo.

 

Agora a Disney está liberada para lançar seu conteúdo especial no Star+. O serviço contará com grande parte do conteúdo original FOX Channel. Entre eles estão Os Simpsons, The Walking Dead e This Is Us. Outra aposta da empresa será o esporte. Todas as competições dos canais ESPN e Fox Sports estarão no serviço.

Entenda o caso

Starz Entertainment, dona do streaming Starzplay, conseguiu uma liminar na justiça brasileira que impediu temporariamente a Disney de utilizar o nome “Star”. A questão se iniciou em abril, quando a Starz entrou com um pedido de registro de oposição no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), responsável pela oficialização de marcas no Brasil.

06/08/2021 às 17:26
Notícia

HBO Max passa a exibir jogos do Brasileirão

A partida de abertura será entre Palmeiras e Fortaleza neste sábado (7)

Continua após a publicidade

A liminar foi concedida pela 2ª Câmara Reservada de Direito Empresarial do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. O desembargador Jorge Tosta, responsável pela liminar concedida, decidiu que, ao menos enquanto o processo estiver em andamento, a Disney não deve utilizar o nome “Star” em seu serviço de streaming.

A justificativa de Tosta é a de que o Star+ “passará a ofertar serviços de entretenimento idênticos aqueles que já são fornecidos pela agravante [StarzPlay]”. Além disso, segundo ele, um consumidor ao se referir ao serviço de qualquer uma das duas não utilizará o nome “StarzPlay” ou “Star Plus”, e sim somente “Star”, o que pode causar confusões e erros.

 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Notícias da TV
User img

Cristino Melo

Conheça o celular 5G mais barato da Motorola

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.