Drone movido a energia solar pode voar por 90 dias seguidos
Créditos: YouTube/New Scientist

Drone movido a energia solar pode voar por 90 dias seguidos

Skydweller está sendo desenvolvido em parceria com a Marinha dos Estados Unidos e pode ser o futuro das operações de reconhecimento

31/07/2021 às 12:15
Notícia

Drone grava mergulhador se defendendo de tubarão entre cardum...

Graças a aeronave o piloto ainda conseguiu ligar para os salva-vidas da praia para ajudar

Em breve, os céus podem ser dominados por aeronaves autônomas que nem mesmo precisam parar para reabastecer. Segundo a publicação da revista New Scientist, a Marinha Norte-Americana vem desenvolvendo um drone não-tripulado movido a energia solar, capaz de voar por até 90 dias seguidos. 

O projeto é resultado de uma parceria com a empresa hispano-americana Skydweller Aircraft, envolvendo um contrato de aproximadamente 5 milhões de dólares. 

O Skydweller (nome provisório do drone) é enorme, tendo uma envergadura de 72 metros. Para garantir a capacidade de voo, foram instalados 270 metros quadrados de células fotovoltaicas, responsáveis pela geração de aproximadamente 2 KW de energia. Eles cobrem praticamente toda a parte de cima da aeronave. 

Entre as aplicações possíveis para o Skydweller, a Marinha norte-americana prevê rotinas de reconhecimento e monitoramento, além do potencial para expansão das telecomunicações, operações de emergência e meteorologia. Tudo isso será possível graças ao conjunto de radares e câmeras instalados a bordo, somando mais de 360 quilos em equipamentos embarcados. 

Longos voos adiante

O drone Skydweller foi baseado no projeto da Solar Impulse 2, uma aeronave tripulada testada em 2015. Segundo o CEO da empresa, Robert Miller, as próximas etapas envolvem o teste dos sistemas autônomos. Primeiro virá o teste de decolagem, seguido da aterrissagem, para finalmente testarem um voo completamente autônomo. 

Se tudo correr bem, aí sim o Skydweller passará os 90 dias seguidos nos ares. 

Continua após a publicidade

Para a Marinha Norte-americana, o drone representará uma enorme economia de custos operacionais, dado o tempo de permanência no ar e a baixa necessidade de reabastecimento e manutenção. Os envolvidos no projeto destacam ainda que esse é um enorme passo para um futuro com aeronaves movidas a combustíveis renováveis e sem a emissão de poluentes. 

Enquanto esses testes acontecem lá fora, aqui no Brasil a ANATEL acabou de autorizar a importação da DroneGun Tactical, uma arma gigante, capaz de desativar drones em uma distância de até 2,5 Km. Confira mais sobre essa novidade no link abaixo:

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: IFLS Fonte: New Scientist
User img

Igor Pankiewicz

Vem aí as Smart TVs 4K baratinhas da Amazon! O que esperar? Fire TV OS + Prime Video + Alexa

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.