Microsoft desenvolveu sua própria distribuição Linux, a CBL-Mariner

Microsoft desenvolveu sua própria distribuição Linux, a CBL-Mariner

Em algum lugar do mundo, Steve Ballmer deve estar sendo assombrado pelo pinguim.

29/07/2021 às 15:06
Notícia

Windows 11 build 22000.100 já está disponível no canal Beta d...

Builds oferecidos no canal Beta são mais estáveis do que os oferecidos no canal Dev

Você sabia que a Microsoft desenvolveu a sua própria distribuição do Linux? Chamada de CBL-Mariner, ela foi lançada de maneira silenciosa na plataforma GitHub, por volta de setembro de 2020. Ela está disponível para download sob a licença do tipo Open Source MIT. 

Essa revelação pegou muita gente de surpresa, já que no passado a Microsoft condenou o sistema operacional concorrente, em um episódio que comentaremos logo mais.

O nome CBL-Mariner vem de Common Base Linux (Linux de base comum).

Trata-se de uma distribuição voltada ao uso interno da companhia, para utilização em áreas de infraestrutura e servidores. O objetivo, segundo a Microsoft, era projetar uma plataforma consistente para todos os seus serviços (como o Azure) e dispositivos, permitindo que ela continuasse atualizada com as recentes atualizações do Linux. 

Mais importante ainda é o fato de que, com o CBL-Mariner, a empresa deixa de depender de terceiros para realizar correções em seus serviços. Vale lembrar que a Microsoft possui uma equipe dedicada trabalhando com subsistemas Linux, seja para consumidores e parceiros ou para outras demandas internas.

Captura de tela da interface de instalação do Linux CBL-Mariner 

Como instalar o Linux da Microsoft, o CBL-Mariner

Como vimos acima, a Distro da Microsoft foi projetada para uso interno e em ambientes de servidores ou máquinas virtuais. Mas se você tiver curiosidade (e tempo) para testar essa versão, pode acessar o blog do Juan Manuel Rey, engenheiro da Microsoft. 

Continua após a publicidade

No texto publicado recentemente, Juan explica passo a passo como fazer a instalação em uma VM da plataforma de virtualização VMWare vSphere. Há uma série de requisitos prévios e a distribuição não é feita em imagem. Em vez disso, é necessário compilar tudo a partir de outra instalação (preferencialmente Ubuntu). 

Há opções de instalações personalizadas e completas, além da escolha entre linha de comando e interface gráfica. Os arquivos estão disponíveis no GitHub.

Instalação do Linux CBL-Mariner 

Microsoft e Linux têm uma longa história...

Apesar da utilidade da distro, muita gente ainda caçoa da Microsoft pelo episódio em que Steve Ballmer (na época presidente-executivo da empresa) afirmou que o Linux era um “câncer que se anexava a tudo que ele tocava, em termos de propriedade intelectual”. As palavras foram ditas durante uma entrevista ao jornal Chicago Sun-Times, em junho de 2001. 

Mas Ballmer parece ter mudado de ideia desde então. Em outra entrevista mais recente, dada em março de 2016, o ex-CEO disse ter enviado um email ao atual chefe da Microsoft, Satya Nadella, no qual parabenizou a empresa pelo lançamento do SQL para Linux e por outras iniciativas relacionadas. 

Novamente questionado sobre o episódio do Linux como câncer, Ballmer disse que a sua analogia foi correta para a época, já que ele acreditava no impacto financeiro que a iniciativa Open Source poderia causar à Microsoft. Vale lembrar que o executivo sempre foi famoso por suas atitudes (e frases) cheias de empolgação.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Tom’s Hardware Fonte: Juan Manuel Rey
User img

Igor Pankiewicz

Conheça o celular 5G mais barato da Motorola

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.