Boston Dynamics lança novo vídeo com vários robôs Spots dançando
Créditos: Reprodução/Boston Dynamics/YouTube

Boston Dynamics lança novo vídeo com vários robôs Spots dançando

Com música do BTS, empresa comemora a compra bilionária feita pela Hyundai

No final de junho, a Hyundai conseguiu completar a aquisição da Boston Dynamics em um contrato de US$ 1,1 bilhão. E para comemorar, a empresa de robótica exibiu sete cães-robôs Spots dançando por pouco mais de um minuto ao som de "IONIQ: I'm On It", do BTS. “Estamos entusiasmados em fazer parte do Grupo Hyundai Motor!”, disse a empresa na descrição do vídeo. 

Essa não é a primeira vez que robôs da Boston Dynamics caem na pista. Em outubro de 2018, o cão-robô Spot exibiu suas habilidades para dançar Uptown Funk, de Mark Ronson e Bruno Mars, com direito a moonwalk. Em dezembro de 2020, o cão, Atlas e Handle (dois outros robôs da empresa) realizaram uma performance de Do You Love Me?, clássico de 1962. Agora, com movimentos mais complexos, os robôs executam passos sincronizados, como verdadeiros dançarinos profissionais. 

Alguém pode se perguntar “qual é o propósito de programar robôs para dançar?” e a Boston Dynamics respondeu em seu blog no mesmo dia da postagem do vídeo:

Quando fazemos esses projetos, sempre temos dois objetivos, diz Eric Whitman, um roboticista da empresa que teve um papel principal no Spot’s On It. Um deles é usar o vídeo como motivação para melhorar o produto. O objetivo secundário é se divertir fazendo o vídeo.

 


Reprodução/Boston Dynamics/YouTube

O fundador e presidente da Boston Dynamics, Marc Raibert, vai além e diz que “Uma performance atlética como a dança enfatiza o design mecânico do robô e também enfatiza os algoritmos do software”. Ele completa dizendo que “se você olhar para a dança que fizemos, há dezenas de comportamentos diferentes, então a equipe teve que fazer ferramentas que nos permitissem criar esses comportamentos rápido o suficiente para fazer o projeto em um período de tempo razoável.”

Não foram apenas os engenheiros que participaram do projeto. Monica Thomas, coreógrafa profissional e ex-dançarina, assumiu a liderança na coreografia do vídeo, assim como fez com as apresentações de dança anteriores da Boston Dynamics. Para ela, planejar movimentos de dança para robôs tem desafios diferentes da coreografia tradicional. Primeiro porque é necessário explorar quais passos os robôs são fisicamente capazes de fazer e também porque o cão-robô Spot tem o dobro de pernas que um dançarino humano. 


Reprodução/Boston Dynamics/YouTube

Continua após a publicidade

Depois de pensar na coreografia, Monica Thomas entregou os passos de dança para Jakob Welner, consultor de movimento robótico, que os animou no Autodesk Maya. “Você pode fazer o que quiser no software, artisticamente”, diz Welner. “Mas assim que você quiser que ele funcione em um robô, você precisa obedecer à física e obedecer à mecânica e à dinâmica do robô.”

Por fim, a equipe do Spot criou os movimentos no Choreographer, um módulo de software criado pela Boston Dynamics especificamente para criar danças e executá-las em robôs. O software está em lançamento público e já está sendo usado por clientes de entretenimento da empresa, como equipes esportivas e parques temáticos. 

Reprodução/Boston Dynamics/YouTube

Agora que a Boston Dynamics subiu o nível das danças que os cães-robô Spots podem realizar, podemos aumentar a expectativa do que vem por aí. 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Boston Dynamics
User img

Bianca Nery

Compramos um iPhone Fake e tivemos uma surpresa

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.