OnePlus é pega manipulando resultados no testes do Geekbench
Créditos: Divulgação OnePlus

OnePlus é pega manipulando resultados no testes do Geekbench

Modelos OnePlus 9 e 9 Pro não conseguem repetir o resultados mostrado em primeiros testes

As fabricantes adotam diversas posturas questionáveis para conseguirem vender seus novos smartphones, agora a OnePlus pode ter sido pega realizando uma dessas ações. De acordo com informações na internet e do próprio Geekbench, a empresa foi pega trapaceando no teste realizados nos OnePlus 9 e OnePlus 9 Pro, que apresenta um desempenho que os modelos não mantêm durante a utilização nos aplicativos.

06/07/2021 às 17:54
Notícia

53% dos brasileiros optam pela manutenção dos celulares; 11%...

Há também aumento na procura de cursos para qualificação na área de manutenção de eletrônicos

Quem percebeu que tinha algo errado com o benchmark realizado pela empresa foi o portal Anandtech, que realizou o teste Speedometer 2.0 no seu 9 Pro e percebeu que o modelo alcançou uma pontuação de 61,5, que é bem abaixo se comparado a outros modelos com o Snapdragon 888. Com isso, o site deduziu que o núcleo Cortex-X1 não estava ativado, e repetiu o processo, que acabou piorando, reduzindo dos núcleos Cortex-A78 para os Cortex-A55 , diminuindo a pontuação para apenas 16,8.

Isso fez o pessoal se questionar se a empresa estava desativando esse núcleo de maior potência para melhorar a eficiência do aparelho, para conseguir manter a vida útil da bateria maior. Para ter certeza disso, mais alguns testes foram feitos, o que acabou comprovando que os OnePlus 9 e 9 Pro realmente estão entregando abaixo da potência esperada.

Através do Vivaldi, outro navegador, é possível ver que o processador Snapdragon 888 realmente não opera de forma “normal”, com apenas poucos aplicativos aproveitando o poder máximo do aparelho. Entretanto, em aplicativos como rede sociais e outros, os smartphones estavam limitando o chipset.

““A única razão sensata para tal decisão é melhorar a eficiência de energia de um dispositivo e a vida útil da bateria. O OnePlus 9 Pro, apesar de se anunciar usando a mais recente tecnologia LTPO OLED como o Galaxy S21 Ultra da Samsung por exemplo, ainda sofre de características de energia notavelmente piores e pior eficiência de energia.”
- Afirmou o vídeo do AnandTech.


Créditos: Divulgação OnePlus

Continua após a publicidade

06/07/2021 às 16:30
Notícia

Samsung Galaxy S22 Ultra pode vir com sensor de 108MP e não d...

Fabricante pode estar mais interessada em equipar o modelo com o ISOCELL HM3 “polido”

Essa descoberta pode significar que a OnePlus não está otimizando muito bem seu software, preferindo diminuir o poder do processador para esses apps não acabarem rapidamente com a bateria dos smartphones. Após essa descoberta, o site Geekbench baniu os modelos OnePlus 9 e OnePlus 9, para quem quiser comprar os modelos não seja enganado com o teste falso.

Fonte: WCCFTech, AnandTech
User img

Willian Vieira

Willian Ferreira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2019 e começou a estudar Sistemas na Estácio. Desde criança é um aficionado por games, essa paixão acabou despertando o interesse na área de tecnologia. Joga de tudo um pouco, mas tem uma preferencia para jogos de ação, FPS e Fable.

Huawei Band 6: unboxing e breve comparativo com a Honor Band 6

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.