China pretende levar os primeiros humanos para Marte em 2033
Créditos: Divulgação CNSA / China

China pretende levar os primeiros humanos para Marte em 2033

Maior fabricante de foguetes do país afirma que empresa estabelecerá uma base no planeta em 2043

A China atualmente está na corrida para ver quem consegue levar o primeiro humano a Marte, e, segundo um relatório, o país pode estar se planejando para levar o primeiro humano ao planeta vermelho em 2033. As informações apontam que o governo chines pretende realizar uma série de missões ao planeta, com a expectativa de estabelecer uma base em até dez anos depois do primeiro pouso.

23/06/2021 às 09:48
Notícia

Satélites da Starlink entregarão cobertura ao mundo todo até ...

Previsão foi dada por Gwynne Shotwel, presidente da subsidiária da SpaceX

As informações obtidas sobre os planos espaciais chineses foram obtidas através do Wang Xiaojun, chefe da estatal China Academy of Launch Vehicle Technology - CALT, durante uma apresentação de vídeo dele no evento Conferência de Exploração Espacial Global - GLEX 2021.

No evento, Wang comemorou o sucesso do pouso da sonda Tianwen-1, que foi a primeira missão chinesa em Marte, que conseguiu levar em segurança o rover Zhurong até o país, que atualmente está explorando o planeta. Com isso, ele afirma que o país já está se preparando para a primeira etapa de exploração, que tem como missão principal levar os primeiros humanos até o solo marciano em 2033.


Créditos: Divulgação CNSA / China

Os planos chineses serão divididos em três etapas, com a primeira sendo o envio de androides para explorarem o planeta, que irão fazer o trabalho de preparação tecnológica. Um dos objetivos desses envios será também retornar esses robôs para a terra, trazendo algumas amostras do solo marciano para estudar na terra.

Com isso, os androides serão os responsáveis também em analisar locais para a construção de uma possível base no planeta vermelho, algo que será feito de verdade na segunda fase. Essa parte será o envio dos primeiros humanos até o planeta vermelho em 2033, que serão os responsáveis pela construção dessa base.

A partir daí, a China pretende realizar missões de lançamentos nos anos 2035, 2037, 2041 e 2043 para a realização da terceira fase, que será a realização do transporte em grande escala de cargas entre a Terra e Marte e estabelecer de vez uma base chinesa em Marte

Continua após a publicidade


Créditos: Divulgação CNSA / China

Além do cronograma das missões, Wang também deu poucas informações sobre as tecnologias que serão usadas nas missões. Os cientistas chineses estão estudando que um propelente nuclear será a fonte principal para os futuros foguetes.

13/06/2021 às 10:19
Notícia

Rover chinês Zhurong mandou algumas selfies suas de Marte

Veículo pousou no começo do ano e começou a percorrer o planeta

Junto a isso, também foi falado sobre o sistema ‘Sky Ladder’ que também vem sendo testado, prometendo que será uma tentativa de baratear as viagens até Marte. Segundo o que foi falado no evento, a o ‘Sky Ladder’ poderá reduzir os custos de viagens, por exemplo, da Terra até a Lua por um custo de apenas 4% do valor atual, entretanto não foi dado detalhes sobre como de fato funcionará.

Fonte: Global Times, Gizmodo
User img

Willian Vieira

Willian Ferreira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2019 e começou a estudar Sistemas na Estácio. Desde criança é um aficionado por games, essa paixão acabou despertando o interesse na área de tecnologia. Joga de tudo um pouco, mas tem uma preferencia para jogos de ação, FPS e Fable.

Huawei Band 6: unboxing e breve comparativo com a Honor Band 6

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.