Tesla apresenta supercomputador Dojo para treinar carros autônomos
Créditos: Tesla/ CVPR

Tesla apresenta supercomputador Dojo para treinar carros autônomos

Apresentado durante conferência, o supercomputador utiliza câmeras para responder com a precisão de humanos

A Tesla apresentou durante a conferência Computer Vision and Patter Recognition (CVPR 2021) o supercomputador Dojo, criado para treinar carros autônomos. Dojo está sendo testado para implementar direção autônoma nos carros da empresa, e responder com a mesma precisão de humanos, ao coletar informações a partir de oito câmeras, cada uma a 36 FPS.

22/06/2021 às 12:10
Notícia

Ethereum, segunda criptomoeda mais valiosa do mundo, perde 50...

O valor da criptomoeda caiu radicalmente e o co-criador perdeu US$ 400 milhões

Andrej Karpathy, diretor senior de IA na Tesla, informou que o supercomputador deve ser capaz de responder a novos ambientes com precisão e segurança. Para isso, é necessário que o supercomputador analise uma enorme quantidade de dados,  treinando redes neurais para o desenvolvimento da direção autônoma. Dojo apresenta 1.8 exaflops de performance, 10 petabytes de armazenamento NVME a 1.6 TB/s. O supercomputador não possui benchmarking oficial revelado, mas segundo Karparthy, Dojo é um dos mais rápidos do mundo. "O quinto lugar é atualmente ocupado pela NVIDIA, com o Selene, que possui uma arquitetura similar e número de GPUs. Se você pegar o número total de FLOPS, o computador estaria próximo ao quinto lugar".

Manter mapas 3D atualizados em alta definição do mundo inteiro possui um custo elevado, por este motivo a tecnologia Dojo se mostra uma solução interessante para a direção autônoma, mesmo necessitando de alto potencial de processamento de dados instantâneo. 

01/06/2021 às 10:30
Notícia

AMD confirma que Tesla Model S e X terão GPU RDNA 2 GPUs

Os carros elétricos terão um poder de processamento de jogos similar ao PlayStation 5

Até o momento o supercomputador está sendo testado em áreas com pouca densidade populacional. Karpathy afirma que Dojo foi capaz de compreender novos sinais de trânsito, detectar colisões com pedestres, ou quando motoristas pressionam o pedal errado.

Continua após a publicidade

O CEO Elon Musk, em abril deste ano, já havia se mostrado animado com  a tecnologia ao afirmar que quando há discordâncias entre radar e visão, nós usualmente acreditamos na visão. Por este motivo, investir no treinamento de redes neurais com o Dojo é o mais indicado para implementar direção completamente autônoma em cidades com os veículos elétricos da Tesla. Durante o CVPR 2021, não foi informado a previsão para o lançamento do supercomputador. É importante aguardar mais informações para entendermos melhor se Dojo realmente será capaz de treinar carros autônomos para dirigir com segurança em locais com alta densidade populacional.

Via: Engadget Fonte: Techcrunch
User img

Luiz Schmidt

Estudante de jornalismo na UFSC. Amante de games, anime, manga e cultura japonesa. Gosta de escrever histórias de horror nas horas livres e sonha em publicar um livro.

Huawei Band 6: unboxing e breve comparativo com a Honor Band 6

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.