iPhone 14 chega em 2022 com os primeiros chips em 3nm produzidos pela TSMC
Créditos: Divulgação/Apple

iPhone 14 chega em 2022 com os primeiros chips em 3nm produzidos pela TSMC

A16 Bionic deve trazer até 15% a mais de desempenho em comparação aos chips produzidos em 5 nm

Ainda estamos longe do possível lançamento do iPhone 14 (sim, ainda não foi anunciado o iPhone 13 e estamos falando do 14), porém, já temos alguns rumores sobre o que está por vim para essa linha, que deve ser lançada apenas na segunda metade de 2022. 

De acordo com um novo relatório compartilhado pelo site DigiTimes, os futuros smartphones da linha iPhone 14 podem chegar ao mercado com chips produzidos no processo de fabricação em 3nm de responsabilidade da Taiwan Semiconductor Manufacturing Company (TSMC). O chip A16 Bionic seria o primeiro produzido neste processo, tendo sua fabricação inicial prevista para o segundo semestre de 2022, o que seria o momento ideal para que a Apple lance o iPhone 14 com esse SoC.

14/06/2021 às 11:55
Notícia

Apple pode apresentar um visual inédito com o novo iPad Mini 6

Dispositivo deve vir com molduras mais finas e com Touch ID no botão de ligar

Mas antes que a TSMC chegue a 3nm, conforme revelado pela Digitimes, a TSMC já se prepara para iniciar a produção dos chips em 4nm ainda neste ano. A Apple foi uma das empresas a já reservar um dos lotes iniciais desses chips, que serão utilizados para a produção dos processadores dos futuros Mac, além de seu novo próprio SoC, o A15 Bionic, que equiparar a linha do iPhone 13.

No entanto, esses novos smartphones da Apple, que devem revelados no mês de setembro, devem continuar no processo de 5nm, que passará por um refinamento pela TSMC (chamado de N5P, ou 5nm+). Com isso, podemos esperar certas melhorias no desempenho e na eficiência do chip A15 Bionic, mas a verdadeira "nova" geração de chips só deve chegar em 2022 com o A16 Bionic.

Ainda segundo o site, esse novo processo de fabricação em 3nm possibilitaria que os chips tenham um ganho de 15% de desempenho, com um consumo energético até 30% menor em comparação ao processo de 5 nm. Após alguns anos, devemos ver a chegada de chips em 2 nm tanto pela TSMC quanto por parte da Samsung Foundry, que já possuem planos de produzir nesse processo de fabricação.

Via: PhoneArena, WCCFTech Fonte: Digitimes
User img

Pedro Henrique

Huawei Band 6: unboxing e breve comparativo com a Honor Band 6

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.