China produz 29,9 bilhões de chips em maio de 2021 e bate recorde mundial
Créditos: EIAS/Reprodução

China produz 29,9 bilhões de chips em maio de 2021 e bate recorde mundial

No total, país já fabricou 140 bilhões de chips apenas neste ano

As fábricas da China produziram 29,9 bilhões de chips no mês de maio de 2021, batendo o recorde mundial de fabricação de semicondutores num único mês. No total, a empresa já fabricou 140 bilhões de chips neste ano — que ainda nem chegou na metade.

18/06/2021 às 13:34
Notícia

Realme X9 e Realme X9 Pro podem ser lançados em julho

Dica de "vazador" vindo diretamente do país aponta para lançamento no mês que vem

Isso resultou num crescimento de 37,6% em comparação com o mês de maio de 2020. Em abril, o país já havia produzido 28,7 bilhões de chips, enquanto em maio foram 29,1 bilhões. No comparativo com os primeiros cinco meses de 2020, a China fabricou 48,3% mais semicondutores.

As informações são do jornal local South China Morning Post, que cita como fonte o Escritório Nacional de Estatísticas do país asiático. Os dados comprovam que a indústria chinesa de semicondutores está se desenvolvendo e crescendo com rapidez.

Apesar disso, o site Tom's Hardware nota que o número de circuitos integrados (ICs) produzidos pode não ser a métrica ideal de desempenho. Afinal, o número de chips relatado pelo governo chinês inclui produtos de memória e diversos processadores para automóveis, eletrodomésticos, celulares e outros dispositivos.


Fonte: SMIC/Reprodução

Além disso, boa parte dos chips fabricados na China são desenhados por empresas estrangeiras, como Intel, Samsung e SK Hynix. Essas companhias, uma estadunidense e duas sul-coreanas, usam fábricas chinesas para suas memórias 3D NAND.

Mesmo assim, é importante frisar que também há grandes produtores locais de chips de lógica na China. A maioria delas, como a Semiconductor Manufacturing International Corp. (SMIC) e a Hua Hong, não utilizam os processos mais avançados de litografia.

Continua após a publicidade

Só que isso também tem um motivo prático, já que as litografias de 28 nm e mais espessas são utilizadas pela grande maioria dos chips do mercado não especializado. Com essa estratégia, essas empresas podem fornecer chips para as indústrias automotivas e de eletrônicos para consumidores da própria China.

Apesar disso tudo, a China ainda não é autossuficiente no fornecimento de chips. Nos primeiros cinco meses de 2021, o país importou 260,35 bilhões de circuitos integrados. Isso é um aumento de 30% em comparação com o mesmo período de 2020.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Tom's Hardware, TechPowerUp Fonte: South China Morning Post
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Unboxing do XIAOMI 11T: câmera de 108MP, ótima tela, carregamento rápido e preço justo

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.