Terceiro maior diamante do mundo é encontrado e pode valer US$ 50 milhões
Créditos: Divulgação Debswana Diamond Company

Terceiro maior diamante do mundo é encontrado e pode valer US$ 50 milhões

Pedra preciosa foi minerado recentemente em Botswana, na África e será vendido

Diamantes são algumas das pedras preciosas mais raras e valiosas do mundo, além da dificuldade de encontrar eles, também é muito difícil encontrar minérios grandes. Por isso a nova descoberta da Debswana se torna um dos marcos da mineração, isso porque a empresa encontrou o terceiro maior diamante de alta qualidade do mundo, que apresenta incríveis 1.098,3 quilates.

19/06/2021 às 15:00
Notícia

Realme GT é o Snapdragon 888 mais barato do mundo e está em P...

Além do Snapdragon 888, o aparelho traz carregamento rápido de 65W e conjunto de três câmeras traseiras

A pedra foi encontrada nesta semana em Botswana, na África, na mina Jwaneng, que está em funcionamento desde 1982.  A descoberta é tão impressionante que ela foi exibida diretamente ao presidente do país, Mokgweetsi Masisi

Quem foi responsável por achar o diamante foi a empresa Debswana, que é gerenciada pelo governo local junto ao famoso grupo de mineração e comércio de diamantes De Beers. Essa, que também é a maior gema desenterrada pela empresa, será vendida para “promover o desenvolvimento nacional”.


Créditos: Divulgação Debswana Diamond Company

"A Debswana trabalhará com o Governo da República de Botswana e a De Beers para avaliar e vender o diamante para garantir que ele retorne o máximo benefício para o povo de Botswana. E comunicará planos adicionais para trazer este diamante exclusivo tesouro para comercializar no devido tempo "
- Afirmou a Debswana  em um comunicado oficial.

Ao todo, a empresa afirmou que o diamante tem 73 mm de comprimento, com 52 mm de largura e uma espessura total de 27 mm. Com isso, ele se torna o maior diamante recuperado na mina Jwaneng, que rende anualmente algo entre 12,5 milhões a 15 milhões de quilates de diamantes.


Mina de Jwaneng / Créditos: Divulgação Debswana Diamond Company

Continua após a publicidade

19/06/2021 às 10:27
Notícia

Build vazada do Windows 11 é oficial: Microsoft emite DMCA co...

Microsoft emite DMCA, mostrando que o software é legítimo e tem até copyright

Além disso, ele também é o maior diamante encontrado pela Debswana em mais de 50 anos de operação. A empresa ainda está analisando a pedra preciosa para dar uma estimativa de valor, mas o portal TweakTown analisou o valor do segundo maior diamante do mundo, que foi vendido por US$ 53 milhões e é um pouco maior que o de Botswana, tendo um total 1111 quilates, acredita que essa nova descoberta possa valer um total US$ 50 milhões.

Na frente desses dois diamantes, o maior já encontrado no mundo foi achado em 1905 na África do Sul, chamado de Diamante Cullinan, esse "monstro" tem o total de 3016 quilates.

Fonte: Debswana Diamond Company, TweakTown, IndiaShorts
User img

Willian Vieira

Willian Ferreira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2019 e começou a estudar Sistemas na Estácio. Desde criança é um aficionado por games, essa paixão acabou despertando o interesse na área de tecnologia. Joga de tudo um pouco, mas tem uma preferencia para jogos de ação, FPS e Fable.

Huawei Band 6: unboxing e breve comparativo com a Honor Band 6

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.