Johnny FPV ensina como capturar takes em câmera lenta com drones FPV
Créditos: YouTube

Johnny FPV ensina como capturar takes em câmera lenta com drones FPV

Piloto de drones está produzindo uma série para explicar os truques que usou no vídeo da Porsche

Se você acompanha as postagens de drones FPV aqui no MC, provavelmente você tenha visto o vídeo incrível do piloto de drones Johnny FPV para uma ação promocional do novo Porsche Taycan Cross Turismo. E se você assistiu, deve ter se perguntado: como Johnny capturou aquelas pedras explodindo em câmera lenta? Ele deu as respostas.

Dizer que o vídeo da campanha da Porsche para seu novo carro é emocionante, é pouco. O vídeo leva a criação de conteúdo cinematográfico FPV a um nível totalmente novo. Para criar transições perfeitas, a equipe construiu completamente do zero uma pista no deserto em Abu Dhabi, uma réplica de 1:1 da Finlândia. São faixas idênticas. O espelhamento das imagens possibilitou a mesclagem impecável dos dois locais juntos na edição. 

Antes de falar dos “hacks” que permitem cenas tão impressionantes em câmera lenta, veja novamente as sequências (em 1:18 e 2:19): 


Captura em câmera lenta com um drone FPV
Para a sorte de quem gosta de saber dos bastidores, Johnny está apresentando informações valiosas do behind-the-scenes em uma série de vídeos curtos, explicando exatamente como ele enfrentou o Taycan Cross Turismo nos extremos (para quem não sabe, o vídeo foi gravado em Levi na Finlândia, onde faz -30ºC, e no deserto de Liwa nos Emirados Árabes Unidos, onde a temperatura ultrapassa os 30ºC).

Para começar, é necessário colocar as mãos em uma câmera Freefly Wave, que custa aproximadamente 55 mil reais no Brasil. A câmera pesa apenas 716 gramas, o que é muito bom para uma configuração de drone FPV de 8 ou 9 polegadas. O vídeo está em inglês, mas é possível colocar legenda com tradução automática para português. 

O surpreendente é que a câmera Wave oferece suporte a taxas de quadros de 420 fps em 4K e 1440 fps em 2K. Para o vídeo da Porsche, Johnny optou pela configuração de 4K 420 fps, que foi lenta o suficiente para entregar as sequências incríveis. Para isso, ele teve que estudar e conhecer todas as variáveis, como onde o carro levantaria as pedras, quais curvas e demais detalhes do trajeto.

Depois disso, tudo se resumiu em escolher os momentos perfeitos em que o carro estaria lançando poeira ou gelo e tornar as cenas ainda mais impressionantes com o design de som.

Continua após a publicidade

Se você estiver interessado em saber como Johnny FPV conseguiu todas as transições, ele postou outro vídeo dos bastidores que você pode assistir. No segundo episódio, o piloto de drones fala sobre o intenso planejamento da pré-produção, bem como seguir o fluxo — ou seja, concentrar todas as filmagens e procurar por cenas semelhantes em movimento e enquadramento. Dê uma olhada: 

E se você quiser saber mais informações sobre o vídeo, veja a notícia: 

Via: Drone DJ
User img

Bianca Nery

Quase jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina. É marvete e entusiasta de jogos antigos de Playstation 2. Joga no expert no Guitar Hero e é grande fã do Jorge Ben.

Huawei Band 6: unboxing e breve comparativo com a Honor Band 6

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.