Pesquisadores criam drone capaz de detectar gritos para situações de resgate
Créditos: Instituto FKIE

Pesquisadores criam drone capaz de detectar gritos para situações de resgate

Equipado com IA e microfones, drone filtra ruídos e reconhece pedidos por socorro

Pesquisadores do instituto FKIE, em Fraunhofer, na Alemanha, equiparam um drone com microfones e criaram um sistema de inteligência artificial (IA) para treinar a aeronave para reconhecer gritos humanos. A ideia é a criação de drones que possam ajudar em serviços de resgate, reconhecendo e localizando gritos por socorro em locais de difícil acesso, como em incêndios e desabamentos.

O progresso da equipe foi mostrado recentemente na conferência anual da Acoustic Society of America (Sociedade Acústica da América), e a reportagem vem do Washington Post. Falando com o site, uma das engenheiras líderes do projeto, Macarena Varela, fez a seguinte declaração (em tradução livre):

Já existem tecnologias bem antigas capazes de detectar gritos ou todo tipo de barulho, mas o projeto nesse caso é para que os drones "saibam" distinguir um grito por socorro de outros barulhos e ruídos ambientes, e pra isso é necessário treinar uma IA. No primeiro passo da pesquisa, os cientistas gravaram eles mesmos gritando, batendo e fazendo outros barulhos que pessoas podem fazer quando precisam de ajuda. Eles então analisaram a frequência desses sons e procuram assinaturas semelhantes para programar o drone para localizar. Além disso tudo, a IA também precisou aprender a ignorar o ruído constante feito pelas próprias hélices do drone.

15/06/2021 às 13:26
Notícia

DJI FPV Drone ganha atualização de firmware v01.02.0000 com v...

Entre as novidades, otimizações de voo em modo manual e com uso do Motion Controler

Os cientistas já tiveram sucesso em alguns testes de campo com o drone, com ele sendo capaz de detectar os gritos e apontar com precisão o local de onde vinham. Daqui pra frente, eles pretendem avançar o projeto incorporando um microfone de frequências mais elevadas no drone, para que ele possa detectar mais sinais de áudio e de mais longe. O plano é que ele seja capaz de reconhecer gritos a centenas de metros de distância. Os pesquisadores gostariam também de um dia criar uma versão capaz de oferecer dados de localização em tempo real para uma equipe de emergência, via conexão sem fio.

Fonte: Washington Post
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Huawei Band 6: unboxing e breve comparativo com a Honor Band 6

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.