Dados de 3,3 milhões de clientes da Volkswagen são expostos nos EUA
Créditos: Volkswagen

Dados de 3,3 milhões de clientes da Volkswagen são expostos nos EUA

Falha na segurança de revendendora deixou dados vulneráveis ao longo de dois anos

A Volkswagen confirmou, oficialmente, que os dados pessoais de aproximadamente 3,3 milhões de seus clientes ou clientes em potencial foram expostos devido a uma falha de segurança online em uma de suas revendedoras. As informações se referem principalmente aos nomes completos dessas pessoas, com seus endereços residenciais, endereços de e-mail e números de telefone. Mas um número menor desses clientes, aproximadamente 90.000, teve dados até mais sensíveis expostos, como os números de suas carteiras de motorista, data de nascimento e número de seguro social.

O caso aconteceu nos EUA e no Canadá, especificamente. Nos EUA, as pessoas não usam RG e CPF como aqui e o número de seguro social acaba servindo como uma identidade, podendo ser usado na criação de linhas de crédito e contratação de outros serviços, então esse tipo de dado é bastante almejado por golpistas. Usando esse número, nome completo e data de nascimento desses clientes que foram expostos, pessoas mal intencionadas podem conseguir empréstimos ou comprar coisas sem a menor intenção de pagar, por exemplo.

03/05/2021 às 08:38
Notícia

Volkswagen planeja criar seus próprios chips para carros autô...

Os chips projetados e desenvolvidos por ela ainda seria produzidos por terceiros

A confirmação veio da própria Volkswagen, explicando que esses dados fazem parte de seu cadastro de pessoas que se interessam em comprar ou compram um de seus carros ou um Audi - que também pertence à companhia. A maior parte do vazamento foi com o cadastro mais "básico", expondo nome, endereço, etc. Os clientes que tiveram seus dados mais sensíveis vulneráveis foram aqueles que entraram a linhas de crédito e empréstimos para pagar os carros da concessionária.

A montadora diz que os dados são referentes a cadastros de 2014 a 2019 e ficaram expostos ao longo de dois anos, de agosto de 2019 a maio de 2021. A empresa, no entanto, não entrou em detalhes mais importantes sobre a brecha, não dizendo se algum desses dados chegou a ser efetivamente usado por golpistas e não informando também em qual das revendedoras aconteceu o problema. A companhia diz que está trabalhando com "autoridades apropriadas" e "experts em cibersegurança" para oferecer a melhor resposta à situação.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Engadget
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Unboxing do XIAOMI 11T: câmera de 108MP, ótima tela, carregamento rápido e preço justo

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.