Internet da SpaceX Starlink pode ficar disponível em aviões em breve
Créditos: Reprodução/The Verge

Internet da SpaceX Starlink pode ficar disponível em aviões em breve

A empresa está negociando com companhias aéreas para adicionar o serviço

A Starlink, empresa de satélites para internet fundada por Elon Musk, acaba de confirmar que está em negociação para trazer a sua internet em aviões. A declaração foi feita pelo  vice-presidente de vendas comerciais e Starlink da SpaceX, Jonathan Hofeller. A negociação está para trazer uma opção melhor, mais estável para voos comerciais, em breve.

A declaração não é novidade. Há algum tempo Musk já fala que deseja trazer a internet Starlink para diversos tipos de locomoções, desde aérea, marítima e terrestre. A SpaceX já confirmou planos para testar o Starlink em cinco jatos da Gulfstream e, em março, enviou solicitação de aprovação da FCC para usar o Starlink com as "Estações Terrestres em Movimento" (caminhões, carros, trens e qualquer outro meio de locomoção). 

12/05/2021 às 17:20
Notícia

Elon Musk: "provavelmente" todos os pedidos do Star...

O projeto de internet via satélite já tem mais de 500 mil pedidos

Apesar dos planos já serem divulgados, parece que as negociações já iniciaram. Isso indica que, em futuro próximo, os meios de locomoção podem contar com um sistema internet mais estável e melhor. O intuito é fazer com que os usuários possam usar a internet para games, downloads e uploads pesados, mesmo quando está em viagens.

O vice-presidente de vendas comerciais e Starlink afirmou: “Estamos negociando com várias companhias aéreas”, durante um painel no Connected Aviation Intelligence Summit na última quarta-feira (9). “Temos nosso próprio produto de aviação em desenvolvimento, já fizemos algumas demonstrações até o momento e esperamos que esse produto seja finalizado para ser colocado em aeronaves em um futuro próximo.”

A Starlink foi fundada em 2015 e, desde então, já lançou 1.800 satélites no espaço. O objetivo é enviar cerca de 4.400, para fazer uma cobertura global de internet banda larga. A meta da companhia era fazer com que a conexão chegasse em todos os lugares do planeta, mesmo em regiões muito rurais, com dificuldade de acesso por fibra óptica. 

A internet Starlink já está em uma versão "beta", oferecendo até 100 Mbps e upload de 20 Mbps. Até o momento milhares de usuários até agora já contrataram e estão testando o serviço. O valor varia de US$ 99 por mês, até US$ 499, (cerca de R$ 500 até R$ 2.520, em conversão direta). As opções mais caras contam com uma antena Starlink autocompensadora e roteador Wi-Fi.

Continua após a publicidade

Via: The Verge
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

Análise do Samsung GALAXY S21 ULTRA: tela INCRÍVEL e câmeras para TODAS AS SITUAÇÕES

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.