TikTok e WeChat não estão mais proibidos nos Estados Unidos
Créditos: Divulgação Casa Branca

TikTok e WeChat não estão mais proibidos nos Estados Unidos

Administração Biden revoga as sanções de Trump, mas ainda vai investigar os apps

No ano passado, o então presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarou algumas medidas contra alguns aplicativos chineses, que proibiam o funcionamento de apps como o TikTok no país. Agora a nova administração Joe Biden assinou uma ordem executiva que revoga essas proibições, mas investigando mais a fundo alguns desses aplicativos.

09/06/2021 às 12:11
Notícia

Xiaomi Mi 11 é lançado no Brasil por R$8.000, mais caro que o...

Aparelho vem com Snapdragon 888, 8GB de RAM e 256GB de armazenamento

Essas futuras investigações serão realizadas pelo Departamento de Comércio dos EUA, que irão analisar os aplicativos como o TikTok, WeChat e Alipay. Com isso, os aplicativos estrangeiros que coletarem dados confidenciais de consumidores norte-americanos ou que possuem alguma ligação com governos ou militares de países adversários estrangeiros, irão passar por um "pente fino" para ver se são uma ameaça à segurança nacional.

“A administração Biden está empenhada em promover uma Internet aberta, interoperável, confiável e segura; proteger os direitos humanos online e offline; e apoiar uma economia digital global vibrante. “ - Informou a Casa Branca hoje.


Créditos: Divulgação Casa Branca

Essas ações de Biden dão um certo alívio para esses aplicativos, que conseguiram nos tribunais federais dos EUA bloquear as medidas de Trump na época. Entretanto, a nova ordem executiva não altera as ações que estão ocorrendo no Comitê de Investimento Estrangeiro nos Estados Unidos - CFIUS, que poderia "obrigar" esses aplicativos a serem vendidos.

Em uma das ações realizada pela CFIUS, o Comitê deu prazos para o TikTok “se livrar” do seu proprietário chinês ByteDance, fazendo isso através da venda da rede social. Por causa disso, o app ficou de ser comprado pela empresa estadunidense Oracle, evitando assim as sanções dos Estados Unidos, porém essa venda nunca aconteceu.

04/06/2021 às 11:15
Notícia

Estados Unidos proíbem investimentos em mais 58 empresas chin...

Administração Joe Biden declarou uma Ordem Executiva contra empresas com ligações ao Governo Chinês

Continua após a publicidade

Na publicação da Casa Branca, a Administração Biden afirma que vai verificar as ações da CFIUS, que irá permanecer sob discussão ativa pelo governo dos EUA”. Essa é mais uma das ações do Governo Biden sobre empresas chinesas, semana passada uma ordem especificava 59 empresas que eram proibidas de receberem investimento de empresas norte-americanas, dentre essas “empresas non grata”, se destaca a gigante Huawei.

Fonte: Casa Branca, The Verge, TechCrunch
User img

Willian Vieira

Willian Ferreira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2019 e começou a estudar Sistemas na Estácio. Desde criança é um aficionado por games, essa paixão acabou despertando o interesse na área de tecnologia. Joga de tudo um pouco, mas tem uma preferencia para jogos de ação, FPS e Fable.

Análise do Samsung GALAXY S21 ULTRA: tela INCRÍVEL e câmeras para TODAS AS SITUAÇÕES

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.