Microsoft: Windows Virtual Desktop agora é Azure Virtual Desktop
Créditos: Reprodução/Neowin.net

Microsoft: Windows Virtual Desktop agora é Azure Virtual Desktop

Empresa também anunciou algumas novidades que chegam em breve ao serviço

A Microsoft anunciou nesta segunda-feira, 7 de junho, que o serviço Windows Virtual Desktop agora passará a se chamar Azure Virtual Desktop. Embora os nomes sejam similares, o serviço é diferente do recurso de Áreas de Trabalho Virtuais do Windows 10. Além de confirmar o novo nome, a Microsoft também anunciou algumas novidades para o serviço.

Azure Space: Microsoft lança plataforma
em parceria com a SpaceX

O serviço Azure Virtual Desktop permite que empresas que utilizam a plataforma de computação em nuvem Microsoft Azure para permitir que seus funcionários acessem instâncias virtualizadas do Windows a partir de qualquer lugar. Isto é útil principalmente para cenários de trabalho remoto e permite que os funcionários tenham acesso aos aplicativos e arquivos do seu ambiente de trabalho de forma segura. O serviço também pode ser uma opção para empresas que querem reduzir seus custos com licenciamento.

Microsoft: Windows Virtual Desktop agora é Azure Virtual Desktop
Reprodução/Microsoft

Além de confirmar o novo nome, a Microsoft anunciou o suporte melhorado para o Azure Active Directory. Disponível em breve como Preview, isto permitirá unir as máquinas virtuais do Azure Virtual Desktop diretamente ao Azure Active Directory (AAD) e com isso será possível acessá-las a partir de qualquer dispositivo usando credenciais básicas. Também será possível inscrever automaticamente as máquinas virtuais no Microsoft Endpoint Manager.

De acordo com a Microsoft, em certos cenários isto deve eliminar a necessidade de um controlador de domínio, deve ajudar a reduzir custos e agilizará sua implantação. A empresa também pretende adicionar o suporte para SSO (Single Sign-On), suporte para tipos adicionais de credenciais como chaves de segurança FIDO2 e mais.

Microsoft: Windows Virtual Desktop agora é Azure Virtual Desktop
Reprodução/Microsoft

Uma novidade que já está disponível como Preview é a capacidade de inscrever e gerenciar máquinas virtuais multi-sessão do Windows 10 Enterprise através do Microsoft Endpoint Manager, assim como os administradores fazem com máquinas físicas. Isto deve melhorar ainda mais o processo de gerenciamento de desktops físicos e virtuais usando o centro de administração do Endpoint Manager. Mais detalhes estão disponíveis na documentação técnica da Microsoft disponível aqui.

Microsoft: Windows Virtual Desktop agora é Azure Virtual Desktop
Reprodução/Microsoft

Continua após a publicidade

Por último, a Microsoft deve implementar em breve como Preview uma opção para agilizar a experiência inicial do Azure Virtual Desktop no portal Azure. Com isso será possível configurar um ambiente completo do Virtual Desktop em sua assinatura do Azure com poucos cliques. Esta nova experiência aparecerá na área “QuickStart” da guia do Azure Virtual Desktop no portal Azure.

Por último, a Microsoft anunciou novas opções de preços para o Azure Virtual Desktop. Empresas e organizações poderão optar por pagar uma taxa mensal por usuário para disponibilizar seus aplicativos através do Azure Virtual Desktop. Esta nova opção estará disponível oficialmente a partir de 1 de janeiro de 2022, e custará US$ 5,50 por usuário por mês para acesso aos aplicativos ou US$ 10 por usuário por mês com acesso aos aplicativos + desktop. Como promoção enquanto esta data não chega, será possível acessar os aplicativos sem custo adicional de 14 de julho a 21 de dezembro de 2021.

Fonte: Neowin.net, Microsoft, XDA Developers
User img

Fabio Rosolen

Análise do Samsung GALAXY S21 ULTRA: tela INCRÍVEL e câmeras para TODAS AS SITUAÇÕES

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.