iCloud com armazenamento gratuito de apenas 5 GB completa uma década
Créditos: Divulgação | Apple

iCloud com armazenamento gratuito de apenas 5 GB completa uma década

Serviço oferecido pela Apple é mais limitado do que opções oferecidas pelos concorrentes

Quando anunciado em junho de 2021, o lendário Steve Jobs apresentou para o mundo o que então seria uma novidade celebrada pelos donos de iPhone: a Apple passaria a oferecer o iCloud, sistema de armazenamento em nuvem, com 5 GB de espaço para os seus clientes utilizarem como quisessem.

De 2011 para 2021 muitas coisas mudaram. Tivemos evoluções tecnológicas impressionantes pensando pelo lado positivo; contudo, também tivemos o advento da pandemia que afetou o mundo inteiro no ano passado. De toda forma, uma coisa não mudou: o iCloud continua oferecendo apenas 5 GB para os seus usuários do plano gratuito.

Assim como as evoluções presentes nos smartphones, opções com armazenamentos generosos são necessárias para as pessoas que gravam muitos vídeos e fotos com os seus modernos celulares. Com o progressivo aumento das resoluções, o espaço ocupado por essas gravações aumentou cada vez mais.

Outras empresas, como o Google, oferecem planos gratuitos com 15 GB de armazenamento, por exemplo. Obviamente, quem for usuário do ecossistema da maçã poderá escolher planos pagos com capacidades muito maiores, com a possibilidade de contratar 2 TB de espaço, que é o suficiente até mesmo para quem utiliza essa função para trabalhar com áudio e vídeo.

Aqui no Brasil, temos as seguintes opções:

Por R$3,50 mensais, terá 50 GB de armazenamento. A partir de R$ 10,90 por mês, poderá desfrutar de até 200 GB. E o plano de 2 TB mencionado acima poderá ser contratado por R$ 34,90

 

01/03/2021 às 14:45
Notícia

iPhone 13 pode ter uma versão com 1TB de capacidade para arma...

Se confirmado, ele será o primeiro smartphone da Apple com esta capacidade

Com certeza, caso a pessoa precise de mais espaço para guardar suas preciosas recordações, além de ser uma necessidade, mas é totalmente viável contratar, pelo menos, o plano de 50 GB. É o suficiente para alguns indivíduos.

Oferecer uma capacidade gratuita mais generosa seria até mesmo interessante para quem demonstrar interesse em outras funcionalidades pagas da empresa, porque com mais espaço, a pessoa poderia testar melhor recursos adicionais do seu equipamento.

Enquanto concorrentes diretos oferecem planos mais generosos para quem não quer pagar serviços mensais, a Apple permaneceu com o mesmo modelo de negócios apresentado para o mundo ainda em 2011. Até o presente momento, não existem anúncios de planos para ampliar os serviços oferecidos sem custos adicionais.

Sendo assim, para o usuário de iPhone que planeja se manter fiel, a única opção, caso precise de mais armazenamento, seria desembolsar uma pequena quantia mensal para assegurar um serviço com mais tranquilidade a longo prazo.

Fonte: support.apple.com, 9to5mac.com
User img

Guilherme Pinheiro

Formado em jornalismo pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS) em 2019. Fã de videogames desde os 6 anos de idade, sendo o seu hobby preferido desde então.

Análise do Samsung GALAXY S21 ULTRA: tela INCRÍVEL e câmeras para TODAS AS SITUAÇÕES

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.