Relatório do Pentágono garante que drones da DJI são seguros para uso nos EUA
Créditos: Reprodução/DJI

Relatório do Pentágono garante que drones da DJI são seguros para uso nos EUA

Dois drones da empresa chinesa forma liberados para uso por agências governamentais

De acordo com um relatório obtido pelo site The Hill, dois drones fabricados pela empresa chinesa DJI foram liberados para uso depois de um processo de auditoria do Pentágono. O relatório basicamente diz que uma análise de dois drones da DJI voltados para uso governamental não encontrou "nenhum código ou intenção maliciosa" e que eles são "recomendados para uso por agências governamentais e forças que trabalham com serviços dos EUA”.

02/04/2021 às 10:28
Notícia

DJI anuncia o fim da produção de grande parte de seus drones ...

Empresa começa a enxugar produção para abrir espaço para novos lançamentos

Membros do governo americano sempre questionaram se a DJI e seus drones tinham laços com o governo chinês. No ano passado, por exemplo, o Departamento do Interior nos Estados Unidos determinou que os drones não fossem utilizados citando risco de espionagem por parte da DJI para o governo chinês. Já o Departamento de Comércio colocou a DJI em sua Lista de Entidades depois que a empresa supostamente forneceu ao governo chinês tecnologia de vigilância para campos de detenção.

A DJI sempre negou as acusações de espionagem e o relatório do Pentágono garante que pelo menos dois drones da DJI são seguros para uso por agências governamentais nos Estados Unidos. O Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos já havia realizado testes com os drones DJI Mavic Pro e Matrice 600 Pro em 2019 e na época não foram encontradas evidências de que os drones enviavam dados para o governo chinês. Agora o novo relatório do Pentágono chegou a uma conclusão semelhante. 

Relatório do Pentágono garante que drones da DJI são seguros para uso nos EUA
Reprodução/DJI

O novo relatório do Pentágono pode ajudar a DJI em seus esforços para voltar a fornecer drones para uso governamental nos Estados Unidos. Adam Lisberg, porta-voz da DJI, disse ao site The Hill que "este relatório do governo dos EUA é a confirmação mais forte até agora do que nós, e validações independentes de segurança, temos dito há anos – os drones DJI são seguros para operações governamentais e corporativas”.

Vale destacar que o fato de que o relatório do Pentágono liberar dois drones da DJI para uso pelo governo dos EUA não significa necessariamente que eles poderão voltar a ser usados imediatamente. A DJI ainda faz parte da Lista de Entidades dos EUA, o que basicamente impede que ela trabalhe com empresas americanas. Além disso, o Congresso dos Estados Unidos também está considerando a criação de uma lei que basicamente proíbe a compra de drones chineses pelo governo dos EUA por cinco anos a partir de 2023. 

Fonte: The Hill, The Verge
User img

Fabio Rosolen

Análise do Samsung GALAXY S21 ULTRA: tela INCRÍVEL e câmeras para TODAS AS SITUAÇÕES

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.