Microsoft Edge usará HTTPS como padrão em vez de HTTP
Créditos: Reprodução/Neowin.net

Microsoft Edge usará HTTPS como padrão em vez de HTTP

HTTPS Automático será introduzido com a versão 92 do navegador e já está em fase de testes

Depois do Google Chrome, o Microsoft Edge também passará a usar o protocolo HTTPS como padrão em vez do HTTP para navegação na Web. O Microsoft Edge introduzirá a mudança com a versão 92 do navegador, que já está em fase de testes. No caso do Google Chrome, a mudança foi introduzida com a versão 90.

Microsoft Edge 91 traz novas opções de
personalização e melhorias no desempenho

Vale lembrar que muitos navegadores classificam sites acessados via HTTP como “inseguros”, já que atacantes podem interceptar e modificar conteúdo de sites que utilizam este protocolo. Atacantes também podem se aproveitar destes sites para redirecionar os usuários para outras páginas contendo malware ou links para roubo de informações, por exemplo.

Microsoft Edge usará HTTPS como padrão em vez de HTTP
Exemplo de site acessado via HTTP classificado
 como inseguro pelo Microsoft Edge
(Reprodução/Microsoft)

De acordo com a Microsoft, usuários do Microsoft Edge 92 disponível para os participantes do programa Microsoft Edge Insider que optaram pelos canais de distribuição Dev e Canary já podem testar o recurso batizado como “HTTPS Automático”. Se ele não estiver disponível, digite "edge://flags" na barra de endereço, pressione Enter e habilite o item “Automatic HTTPS”:

Microsoft Edge usará HTTPS como padrão em vez de HTTP
Reprodução/Fabio Rosolen

Agora acesse a categoria “Privacidade, pesquisa e serviços” nas configurações do navegador e habilite a opção “Alternar automaticamente para conexões mais seguras com HTTPS Automático”:

Microsoft Edge usará HTTPS como padrão em vez de HTTP
Reprodução/Fabio Rosolen

Como é possível ver na imagem acima, o recurso HTTPS Automático oferece duas opções: “Alternar para HTTPS somente em sites que possam dar suporte a HTTPS”, que é a opção padrão, e “Sempre alternar de HTTP para HTTPS”. É recomendado que os usuários utilizem a primeira opção para uma experiência de navegação mais tranquila, já que a segunda pode resultar em erros de conexão com mais frequência.

Continua após a publicidade

Com o HTTPS Automático habilitado, sempre que o usuário digitar um endereço sem especificar o protocolo, como "www.exemplo.com", o navegador passará a utilizar o protocolo HTTPS automaticamente em vez do HTTP caso o site ofereça o suporte para o protocolo mais seguro. Outro detalhe é que a mudança do HTTP para HTTPS ocorre automaticamente e nenhuma ação do usuário é necessária. Os usuários podem navegar na Web normalmente e o navegador alternará para o protocolo mais seguro caso ele seja suportado pelo site sendo acessado no momento.

Usuários interessados em testar o recurso HTTPS Automático podem acessar a página do programa Microsoft Edge Insider em microsoftedgeinsider.com/download e baixar a versão 92 do navegador disponível no canal Dev ou Canary. É importante destacar que como a versão disponível no canal Canary contém mais recursos experimentais, ela pode ser mais instável do que a versão disponível no canal Dev.

Fonte: Thurrott.com, Microsoft
User img

Fabio Rosolen

Análise do Samsung GALAXY S21 ULTRA: tela INCRÍVEL e câmeras para TODAS AS SITUAÇÕES

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.