Samsung vai vender o display Ultra Thin Glass para outras fabricantes
Créditos: Divulgação Samsung

Samsung vai vender o display Ultra Thin Glass para outras fabricantes

Tecnologia é a única solução em vidro para proteger tela de smartphone dobráveis

A Samsung vem dominando quase todo o segmento de smartphones dobráveis, se tornando líder não apenas na venda de celulares, mas também de displays. Entretanto, a empresa nunca aceitou vender sua tecnologia Ultra Thin Glass (UTG) para concorrentes, algo que mudará a partir de agora. 

01/06/2021 às 13:30
Notícia

Samsung começou a produção em massa do novo Galaxy Z Fold 3

Empresa está começando a fabricar e comprar os componentes que fazem parte do projeto do smartphone

Caso isso se confirme, isso será ótimo para as empresas concorrentes da Samsung que estão planejando seus próprios aparelhos dobráveis. Isso porque a tecnologia da gigante sul-coreana é a única, até agora, a apresentar telas dobráveis com vidro, algo que as outras empresas têm que usar plástico, que é inferior em qualidade e sensação.

Segundo relatado pelo site ETNews, a marca Samsung Display acredita que os smartphones dobráveis da série Galaxy já se garantem sozinhos no mercado, sem precisar mais manter a exclusividade da tecnologia de UTG. Assim, a empresa conseguiria expandir ainda mais seus negócios, e lucrando ainda mais com a venda de telas dobráveis.


Créditos: Divulgação Samsung

Com isso, tanto a Samsung como Dowoo Insis, parceira e fornecedora de painéis Ultra Thin Glass da fabricante, irão se tornar as únicas fornecedoras de telas dobráveis com “vidro ultra fino”. 

Dentre as informações obtidas pelo portal, destaca-se que a Google é uma das empresas que irão / tem interesse em adquirir os UTG da empresa, junto a um display AMOLED flexível da Samsung. Além disso, o Pixel dobrável pode vir com a mesma tecnologia de câmera escondida embaixo do display que a gigante sul-coreana está implementando no Galaxy Fold 3, que foi exibido em um vídeo da empresa recentemente.

Segundo esses rumores, a Samsung está estudando abrir a venda da sua tecnologia já no segundo semestre desse ano, sendo que outras empresas já estão querendo ter acesso ao recurso. Tanto a Huawei como a Xiaomi querem usar esse display em seus aparelhos dobráveis, que podem sair ainda antes que o smartphone da Google.

Continua após a publicidade

01/06/2021 às 09:58
Notícia

Próximo chip Samsung Exynos trará GPU AMD RDNA 2 com suporte ...

Samsung deve revelar mais informações sobre a nova geração do chip Exynos até o final deste ano

Como reforçado pelo portal GSMArena, esse é o mesmo processo que a Samsung fez com seus painéis Super AMOLED para monitores, mantendo um período de exclusividade antes de vender para outras fabricantes. Com isso a Samsung ainda mantém o interesse nas concorrentes de comprar suas telas, mas dando uma margem para os produtos da empresa criarem recursos temporariamente exclusivos com as tecnologias.

Fonte: ETNews, GSMArena
User img

Willian Vieira

Willian Ferreira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2019 e começou a estudar Sistemas na Estácio. Desde criança é um aficionado por games, essa paixão acabou despertando o interesse na área de tecnologia. Joga de tudo um pouco, mas tem uma preferencia para jogos de ação, FPS e Fable.

Análise do Samsung GALAXY S21 ULTRA: tela INCRÍVEL e câmeras para TODAS AS SITUAÇÕES

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.