Samsung e Google revelam WearOS 3.0, que traz melhorias para brigar com Apple Watch
Créditos: Google

Samsung e Google revelam WearOS 3.0, que traz melhorias para brigar com Apple Watch

Sistema receberá aprimoramentos baseados no Tizen, mais velocidade e aplicativos

A Google e a Samsung uniram forças para tentar derrubar um inimigo em comum no mercado de vestíveis: o Apple Watch. Durante a Google I/O 2021, as companhias revelaram o Wear OS 3.0, que agora está praticamente confirmado como sistema operacional do Galaxy Watch 4.

De acordo com o anúncio oficial, as empresas trarão o melhor do Wear OS e do Tizen para uma plataforma unificada. A promessa é que o novo sistema garanta até 30% mais velocidade na hora de abrir aplicativos, além de melhor autonomia de bateria. 


(Imagem: Google/Reprodução)

A Google também promete que a plataforma unificada vai facilitar o lançamento de aplicativos para relógios inteligentes com Wear OS. A companhia disse que as ferramentas do Android seguem como padrão do sistema, garantindo liberdade para os desenvolvedores.

"Trabalhando juntos, conseguimos aproveitar os pontos fortes de cada um e combiná-los em uma experiência com desempenho mais rápido, bateria mais longa e mais aplicativos que você adora disponíveis para o relógio", explica o anúncio oficial. 

Aberto para outras empresas

A parceria entre Samsung e Google também promete beneficiar o mercado de vestíveis de maneira ampla. A gigante da web disse que a nova plataforma para vestíveis será aberta para outras companhias, que também poderão adicionar modificações exclusivas para seus relógios inteligentes.

Ou seja, a tendência é que o WearOS se torna cada vez mais parecido com o Android, o que garante liberdade para as empresas que desenvolvem produtos e mais opções para o consumidor. As novidades podem aquecer a competição do sistema da Google contra o Apple Watch, que atualmente domina o segmento de vestíveis de alto desempenho.

Interface aprimorada e mais apps

A Google e a Samsung também divulgaram algumas imagens mostrando a nova interface em ação. As empresas prometem uma experiência de uso mais rápida, fluida e customizável.

Continua após a publicidade

Além disso, Google deu bastante ênfase para os aplicativos no Wear OS 3.0. A companhia anunciou que trará o YouTube Music para o sistema ainda este ano, além de aprimorar a experiência de uso do Maps e da Google Assistente em vestíveis.

O Google Pay também será otimizado para relógios inteligentes e será lançado em mais países, garantindo mais facilidade na hora de pagar com um relógio. A gigante da web também prometeu mais apps de exercícios do Wear, incluindo funções fitness trazidas pela Fitbit, que agora faz parte da Google.

     "Aplicativos novos e reconstruídos de desenvolvedores como Strava, Adidas Running, Bitmoji e muitos outros estão chegando à plataforma", revelou a Google. As novidades do WearOS começarão a chegar ao mercado ainda este ano.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: WccFtech Fonte: Google
User img

Mateus Mognon

Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Vem aí as Smart TVs 4K baratinhas da Amazon! O que esperar? Fire TV OS + Prime Video + Alexa

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.