Nvidia oficializa linha RTX 30 LHR com limitador para mineração de Etherium
Créditos: Nvidia

Nvidia oficializa linha RTX 30 LHR com limitador para mineração de Etherium

Todas as placas de vídeo RTX 30 (exceto a RTX 3090) serão atualizadas para LHR

A Nvidia anunciou oficialmente hoje (18) as suas novas versões de placas de vídeo da geração Ampere (RTX 30) com o limitador via software para mineração de criptomoedas, mais especificamente, a Etherium. A empresa está substituindo as GPUs Ampere do mercado por variações LHR que recebem novas versões de driver compatíveis com o limitador. 

Gigabyte anuncia linha RTX 3060 Rev 2.0 com limitador para hash rate em versões LHR

Se você acompanha o nosso site irmão Adrenaline, já deve estar sabendo que nos últimos dias algumas das parceiras anunciaram os seus modelos customizados de placas de vídeo RTX 30 LHR (sigla para Lite Hash Rate), no entanto, a Nvidia finalmente oficializou a mudança e esclareceu o que significa essa movimentação no mercado e como as placas receberão o limitador para performance em hash rate. 


(Imagem: etherium.org)

A partir de agora, as placas de vídeo de última geração da Nvidia serão fabricadas a partir de uma nova versão de chip com uma nova identificação. Isso significa que os drivers anteriores que não limitavam a performance em mineração não serão compatíveis com os modelos LHR. A Nvidia já havia feito isso no lançamento da GeForce RTX 3060, no entanto, a própria fabricante disponibilizou por acidente uma versão de driver para desenvolvedores que retirava o limitador para mineração.

Hoje a Nvidia anunciou que os seus modelos RTX 3080, RTX 3070 e RTX 3060 Ti LHR serão enviados a partir do final desse mês (maio) enquanto a RTX 3060 com o limitador já estava sendo enviada para as revendedoras a partir de Fevereiro. De acordo com a fabricante, esses modelos contam com metade da performance em Hash Rate que suas versões anteriores.


MSI CMP 30HX MINER (Imagem: MSI)

Também vale destacar que a Nvidia também está lançando placas de vídeo da linha CMP (Crypto Mining Processors) baseados ainda na microarquitetura Turing voltados exclusivamente para a mineração. Algumas fabricantes parceiras já anunciaram e lançaram sua versões da CMP 30HX e da 40HX como a Gigabyte e a MSI.

Toda essa movimentação é uma tentativa da Nvidia de controlar um dos fatores que estão afetando muito o seu mercado de placas de vídeo para gamers já que as GPUs estão muito inflacionadas. Vale destacar que ainda estamos com problemas no suprimento de silício mas separar competição entre consumidores gamers e mineradores pode estabilizar um pouco os preços daqui em diante.

Continua após a publicidade

Se você quiser saber mais sobre esse assunto, você pode o vídeo abaixo do canal do Youtube do nosso site irmão, Adrenaline:

Via: Adrenaline Fonte: Nvidia
User img

Diego Amorim

Análise do Samsung GALAXY S21 ULTRA: tela INCRÍVEL e câmeras para TODAS AS SITUAÇÕES

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.